Aprendendo Inglês Com Vídeos #150: Pale Blue Dot

33308

Aprendendo inglês com vídeos é uma série de posts em que traremos para vocês vídeos acompanhados de transcrições e traduções, pois este é um material de altíssima qualidade para qualquer estudante de inglês. A grande maioria dos vídeos virão do YouTube, assim como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vamos usar, pedimos que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo)

Pale Blue Dote (Transcrição)  

1 – From this distant vantage point, the earth might not seem of any particular interest. But for us, it’s different. Consider again that dot. That’s here. That’s home. That’s us. On it – everyone you love. Everyone you know. Everyone you ever heard of. Every human being who ever was, lived out their lives.

2 – The aggregate of our joy and suffering. Thousands of confident religions, ideologies and economic doctrines. Every hunter and forager. Every hero and coward. Every creator and destroyer of civilisation. Every king and peasant. Every young couple in love.

3 – Every mother and father, hopeful child, inventor and explorer. Every teacher of morals. Every corrupt politician. Every superstar. Every supreme leader. Every saint and sinner in the history of our species lived there, on a mote of dust suspended in a sun beam.

4 – The earth is a very small stage in a vast cosmic arena. Think of the rivers of blood spilled by all those Generals and Emperors so that in glory and triumph they could become the momentary masters of a fraction of a dot.

5 – Think of the endless cruelties visited by the inhabitants of one corner of this pixel on this scarcely distinguishable inhabitants of some other corner. How frequent their misunderstandings. How eager they are to kill one another.

6 – How fervent their hatreds. Our posturing’s. Our imagined self-importance. The delusion that we have some privileged position in the universe are challenged by this point of pale light.

7 – Our planet is a lonely speck in the great enveloping cosmic dark. In our obscurity, in all this vastness, there is no hint that help will come from elsewhere to save us from ourselves. The earth is the only world known so far to harbour life.

8 – There is nowhere else, at least in the near future, to which our species could migrate. Visit? Yes. Settle? Not yet. Like it or not, for the moment, the earth is where we make our stand. It has been said that astronomy is a humbling and character-building experience.

9 – There is, perhaps, no better demonstration of the folly of human conceits than this distant image of our tiny world. To me, it underscores our responsibility to deal more kindly with one another and to preserve and cherish the pale blue dot – the only home we’ve ever known.

Pálido Ponto Azul (Transcrição)

1 – Desse ponto de vista distante, a terra pode não parecer de qualquer interesse particular. Mas, para nós, é diferente. Considere novamente esse ponto. Que está aqui. Que é o lar. Que somos nós. Nele (está) – todos que você ama. Todos que você conhece. Todos que você já ouviu falar. Todo ser humano que já existiu, que viveu suas vidas.

2 – O agregado da nossa alegria e sofrimento. Inúmeras religiões confiantes, ideologias e doutrinas econômicas. Cada caçador e forrageador. Cada herói e covarde. Cada criador e destruidor da civilização. Todo rei e camponês. Cada jovem casal apaixonado.

3 – Toda mãe e pai, criança esperançosa, inventor e explorador. Cada professor de moral. Cada político corrupto. Cada superstar. Cada líder supremo. Cada santo e pecador na história da nossa espécie, ali, em um grão de poeira suspenso num raio de sol.

4 – A terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pense nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que em glória e triunfo eles pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração de um ponto.

5 – Pense nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel para com os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto. Seus freqüentes conflitos. Quão ansiosos estão em matar um ao outro.

6 – Quão ardente é o seu ódio. Nossas posturas. A nossa imaginada auto-importância. As ilusões de que temos uma posição privilegiada no universo são desafiadas por este ponto de luz pálida.

7 – Nosso planeta é um pontinho solitário na grande e envolvente escuridão cósmica. Em nossa obscuridade, em toda essa imensidão, não há nenhum indício de que a ajuda virá de outro lugar para nos salvar de nós mesmos. A Terra é o único mundo conhecido até agora que abriga vida.

8 – Não há outro lugar, pelo menos no futuro próximo, para onde nossa espécie possa migrar. Visitar? Sim. Habitar? Ainda não. Goste ou não, no momento, a terra é onde estamos estabelecidos. Já foi dito que a astronomia é uma experiência de humildade e construção de personagem.

9 – Talvez, não haja melhor demonstração da tolice das vaidades humanas do que esta imagem distante do nosso pequeno mundo. Para mim, isso reforça a nossa responsabilidade de tratarmos melhor uns aos outros e de preservar e valorizar o pálido ponto azul – o único lar que já conhecemos.

Espero que vocês tenham gostado do vídeo de hoje e da transcrição/tradução! Como sempre, não deixem de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim vocês estão ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis! Link para o vídeo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=RRP1gCxbbH0 Abração e bons estudos a todos vocês!”

Aulas e materiais de estudo gratuitos!

Quer receber materiais gratuitos para estudar inglês toda semana? Basta informar seu e-mail abaixo:

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit