Aprendendo Inglês Com Vídeos #183: How the Band-Aid Was Invented

34805
22
SHARE

Aprendendo inglês com vídeos é uma série de posts em que traremos para vocês vídeos acompanhados de transcrições e traduções, pois este é um material de altíssima qualidade para qualquer estudante de inglês. A grande maioria dos vídeos virão do YouTube, assim como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vamos usar, pedimos que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo)

How the Band-Aid Was Invented (Transcrição)

1 – In a Moment of Vision… It’s the 1920s. Johnson and Johnson is well-established for their production of large, cotton gauze dressings that are sterile and sealed against germs, a first of its kind. An employee by the name of Earle Dickson is recently married to a young, rather accident-prone woman.

2 – Her domestic cuts and burns are too minor for the company’s large surgical dressings so Earle, in a moment of vision, cuts a small square of the sterile gauze and secures it to her finger with an adhesive strip. Earle is forced to make so many of these bandages for his clumsy wife, he devises a method for a small production of them. In order to keep the adhesive part from sticking together, he lines them with a crinoline fabric.

3 – Johnson and Johnson begins production of Earle’s invention. In a brilliant marketing move, they distribute, for free, an unlimited number of Band-Aids to all the Boy Scout Troops across America. It doesn’t take long for them to become a household item. It is estimated that Johnson and Johnson has since made more than 100 billion Band-Aids.

Como o Band-Aid foi Inventado (Tradução)

1 – Em um momento visionário… É a década de 1920. Johnson e Johnson está bem estabelecida por sua produção de grandes gazes de algodão que são esterilizadas e seladas contra germes, a primeira do tipo. Um empregado pelo nome de Earle Dickson está recentemente casado com uma jovem mulher bem propensa a acidentes.

2 – Seus cortes e queimaduras domésticas são muito pequenos para os grandes curativos cirúrgicos da empresa, então Earle em um momento de visão, corta um pequeno quadrado de gaze esterilizada e a segura contra o dedo dela com uma fita adesiva. Earle é forçado a fazer tantos desses curativos para sua esposa desajeitada, que ele cria um método para uma pequena produção deles. Para evitar que a parte adesiva cole uma na outra, ele as coloca sobre um tecido de crinolina.

3 – A Johnson e Johnson começa a produção da invenção de Earle. Em uma estratégia de marketing brilhante, eles distribuem de graça, uma quantidade ilimitada de Band-Aids para todas as tropas de escoteiros pela América. Não demora muito para eles (os band-aids) se tornarem um item doméstico. É estimado que a Johnson e Johnson fez, desde então, mais de 100 bilhões de Band-Aids.

Espero que vocês tenham gostado do vídeo de hoje e da transcrição/tradução! Como sempre, não deixem de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim vocês estão ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis! Link para o vídeo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=98sFkESm0xg Abração e bons estudos a todos vocês!

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit
SHARE
  • João Pedro

    Oi, tenho algumas sugestões para post:
    • Crumple up, sneak up on someone
    •Get the drop on someone, Let off the hook/ get off the hook

    Anotada?

  • Vitor

    Olá pessoal, eu tenho uma dúvida, vocês recomendam ver estes tipos de conteúdo para quem é mais iniciante no inglês? com áudios rápidos?

    • Rogher Nogueira

      Sim mano…
      esse texto é ideal para você, pois ele é pequeno…
      estude sem medo.

      • Vitor

        Obrigado Rogher, me ajudou muito!

  • Rosi Aquino

    Olá , acho que eh meu péssimo listening mas na linha 4 do segundo parágrafo, no p da frase: ..”her finger with an adhesive strip.” Eu ouço:”her finger with a peace of strip.” Alguém mais tem essa dúvida?

    • Hugo Costacurta

      Essa é a parte mais dificil da língua inglesa pra mim. Sou professor de inglês no Ensino Fundamental, e tenho uma grande dificuldade na construção de sentido. Um conhecido meu que veio dos Estados Unidos, disse que, quando ouvia a música faroeste caboclo, do legião urbana, entendia “não te amei dotar Ju onde som do cristo” ao invés de “não tinha medo o tal João de Santo Cristo”. Na música do Scorpios, eu entendia I’ll be back, quando ele diz, I’ll be there… isso dentre tantas outras confusões. É bem complicado mesmo. Quase faz a gente querer desistir. Mas é isso aí, firme e forte, vamos lá.

    • Raimundo Júnior

      Credio que seja pq a palavra “adhesive” tem uma pronúncia estranha mesmo, é como se fosse duas pronúncias numa mesma palavra, mas acredito que a transcrição tá de acordo, a pronúncia parece ok pra mim.

    • E aí, Rosi. Só tirando a dúvida, é “adhesive strip” mesmo.

  • Rosi Aquino

    Thank you guys!!!

  • Gabriel Augusto Marcon

    não entendo porque é tão diferente algumas coisas se for traduzir para o portugues, modo de falar e etc.. da uma dor de cabeça isso mas não vou desistir

    • Raimundo Júnior

      O inglês e português, elas tem origens diferentes cara, vc não deve ficar comparando as duas, vc tem que se ligar só no sentido, o inglês funciona de um jeito diferente do do português.

      • Gabriel Augusto Marcon

        entendi, mas cara, ali na 1° parte tem a palavra dressings e a tradução seria curativos, mas n tem na tradução a palavra curativos.. será q o Mairo não errou ali?

        • danielro

          No caso tá certo cara porque “cotton gauze dressings” são gazes de algodão que são usados como “curativos”.. pelo menos o que eu entendi (são aquelas faixas que a gente usa quando machuca a mão, etc)

        • Raimundo Júnior

          Bem como o @disqus_4fn6Aohpls:disqus flw, como o Mairo colocou, não alterou o sentido, ele poderia muito bem ter colocado “curativos gaze de algodão”, mas ficaria meio estranho em Português… Acho que por isso o Mairo colocou de uma forma mais bonitinha em português pra nós… Sem falar que o método do Mairo não se baseia em traduzir palavra por palavra, mas apenas o sentido.

  • danielro

    Estudo inglês a quase 3 meses e tenho uma dúvida: Qual o modo correto de “traduzir” o texto, por exemplo, eu pego o texto vou traduzindo as palavras e etc e consigo entender ela no contexto do texto.. mas se vejo a palavra em outro contexto sei seu significado mas não a tradução correta.. Queria saber se o modo correto é se ao ver uma palavra devo estudar todos os contextos, sentidos e significados dela.. ou estou fazendo da maneira correta? Obrigado por responder (desde já)!

  • Felipe Baracho

    Galera, estou iniciando agora no inglês, mas tenho conhecimento básico. Vinha estudando anteriormente textos pequenos, mas super fáceis, quando pego um texto tipo esse, tenho dificuldade em traduzir. Eu estava ( estou) focado em aprender primeiro a ler o inglês, pra depois treinar o listerning. Porque ouvir é uma tarefa difícil pra mim que conheço poucas palavras em inglês, se eu entender duas palavras em uma frase, é muito.. Estou certo em primeira aprender a ler pra depois aprender a escutar? Porque acabo me frustrando quando tento escutar, pois não entende quase nada.. Thanks

    • danielro

      O certo é primeiro você fazer o input, que é listen e read.. Não vejo problema em ler e ouvir mas acho que você deve focar primeiro no listening, depois no reading

    • Raian Lucas

      Na verdade, você está iniciando certo, só que precisa complementar com o listening, pois vai ajudar muito a falar a palavra da forma que ela realmente é. Quanto a você não entender muitas palavras, não se preocupe, pois isso acontece com todo mundo que começa a estudar inglês. Quando comecei, minha pronuncia era horrível, confundia tudo e mal sabia traduzir o que eu lia. Hoje, passados 4 anos, converso em inglês numa boa, assisto um filme em inglês tranquilo e ouço música entendendo o que estou escutando. É questão de prática.

  • John Aquino

    Opa!como vão!
    Venho acompanhado os post do Aprendendo Inglês com vídeos a mto tempo, creio q estudei quase todos os post, e aprendi bastante com vcs, mais de 2000 frases no anki só desses posts, A equipe do mairovergara,com está de parabéns pelo belíssimo trabalho desempenhado ate aqui. Aguardando o próximo post anciosamente vlw e tudo de bom.

    • Satou

      opa blz? teria como vc disponibilizar o download de suas frases pfvr? agradeço.

  • Rosiane

    Olá, equipe Mairo Vergara
    Estes vídeos do canal Ted Ed são os melhores, continue postando mais deles.
    Trabalho de altíssima qualidade.

  • Rian Paiva

    O inglês desse vídeo é americano ou britânico?