Aprendendo Inglês Com Vídeos #091: Who Owns Antarctica?

21428

Aprendendo inglês com vídeos é uma série de posts em que traremos para vocês vídeos acompanhados de transcrições e traduções, pois este é um material de altíssima qualidade para qualquer estudante de inglês. A grande maioria dos vídeos virão do YouTube, assim como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vamos usar, pedimos que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo)

Who Owns Antarctica? (Transcrição)

1 – Antarctica is the windiest, coldest, driest, and most uninhabited region on the planet. With 98% of the continent covered in miles-thick ice, and limited resources, Antarctica is easily the most naturally inhospitable place on earth. Still, that barren icescape covers a tenth of the world’s land.

2 – And as we know, most countries aren’t super willing to let unclaimed land stay unclaimed. Currently, fifty-one countries have joint international control over Antarctica, with seven claiming overlapping jurisdiction over certain portions. So, who exactly controls Antarctica? Well, back when there was still unexplored land ready for the taking, in order to control a territory, you usually had to be an aboriginal inhabitant, a powerful occupying force, or at the very least, the first person to show up.

3 – In Antarctica’s case, there are no indigenous peoples, nor even an occupying force. And even today, there is no permanent human population, so it’s hard to argue that any one dominant nation controls the continent. Throughout the 19th and early 20th centuries, a number of expeditions to Antarctica led to many surrounding islands and bays being claimed by different countries.

4 – The first was the United Kingdom, which attempted to lay claim to most of the continent. This land grab worried international powers, and around the 1930s, France, Norway, Argentina, Chile and Nazi Germany began carving out their own territorial claims. Following the end of World War Two, Germany lost any claim to the land, and the US asserted its own territorial dominion.

5 – By 1959, following a period of scientific frenzy on the continent, twelve countries signed the Antarctic Treaty, establishing the area as a condominium. No, not like the type of housing. It means that multiple countries mutually agree to have equal sovereignty over a territory. Although technically, all the previous territorial claims are still in effect.

6 – Since then, a few dozen more countries have joined on to the Antarctic treaty. So who owns Antarctica? Well, in short no one and everyone. The Antarctic Treaty establishes the continent as a scientific preserve only to be used for peaceful, scientific purposes. That means no military activity or nuclear testing, and free sharing of any scientific discoveries.

7 – Plus there’s an environmental moratorium on mining and drilling until at least 2048. As of now, Antarctica may be one of the few places in the world where mutual international cooperation has lead to peaceful dispute resolution and uninhibited scientific research. Things are equally complicated on the opposite side of our planet too, and the debate over the North Pole gets a lot more messy. To learn why, check out our video here.

8 – To put it into basic terms each nation owns the natural resources of any water or land under that water, so long as it’s within 200 nautical miles off their shores, or up 300 nautical miles off their continental shelf.

Make sure you stay on top of all our new videos by subscribing to TestTube. Thanks for watching.

Quem Possui a Antártica? (Tradução)

1 – A Antártica é a região mais ventosa, mais fria, mais seca e mais desabitada do planeta. Com 98% do continente coberto por milhas de gelo expesso e recursos limitados, a Antártica é facilmente o lugar mais naturalmente inóspito da terra. Ainda assim, esse ambiente de gelo improdutivo cobre um décimo do território do mundo.

2 – E como sabemos, a maioria dos países não está muito disposta a deixar terra não reivindicada permanecer não reinvindicada. Atualmente, cinquenta e um países se juntaram ao controle internacional da Antártica, com sete reivindicando jurisdição coordenada sobre certas porções. Então, quem exatamente controla a Antártica? Bom, no passado quando ainda existia terra inexplorada pronta para ser tomada, para controlar um território, você normalmente tinha que ser um habitante nativo, uma força ocupacional poderosa ou pelo menos, a primeira pessoa a aparecer.

3 – No caso da Antártica, não existe povos indígenas nem mesmo uma força ocupacional. E mesmo hoje, não há nehuma população humana permanente. Então, é difícil argumentar que qualquer nação dominante controle o continente. Durante os séculos 19 e 20, um número de expedições para a Antártica levou muitas ilhas dos arredores e baías, a serem reivindicadas por diferentes países.

4 – O primeiro foi a Inglaterra, o qual tentou estabelecer reivindicação sobre a maior parte do continente. Essa apropriação de terras preocupou potências internacionais e por volta de 1930, a França, Noruega, Argentina, Chile e a Alemanha Nazista, começaram a dividir suas próprias reivindicações territoriais. Após o fim da segunda guerra mundial, a Alemanha perdeu qualquer poder sobre a terra e os EUA declarou seu próprio domínio territorial.

5 – Até 1959, seguido de um período de frenesi científica no continente, doze países assinaram o tratado da Antártica, estabelecendo a área como um condomínio. Não, não do tipo para moradia residencial. Isso significa que vários países concordam mutuamente em ter soberania igualitária sobre um território. Embora tecnicamente, todas as reivindicações territoriais anteriores ainda estão em efeito.

6 – Desde então, algumas dúzias mais de países se juntaram ao tratado. Então, quem possui a Antártica? Bom, resumindo, ninguém e todo mundo. O tratado da Antártica estabelece o continente como um reserva científica para ser usada somente para propósitos científicos pacíficos. Isso significa sem atividade militar ou testes nucleares, e compartilhamento livre de qualquer descoberta científica.

7 – Há ainda um uma proibição temporária ambiental para mineração e perfuração até pelo menos 2048. A partir de agora, a Antártica pode ser um dos poucos lugares no mundo onde cooperação mundial internacional levou a resolução pacífica de conflitos e pesquisa científica desnibida. As coisas são igualmente complicadas no lado oposto do planeta também, e o debate sobre o Polo Norte fica ainda mais bagunçado. Para aprender o porquê, dê uma olhada no nosso vídeo aqui.

8 – Para colocar isso em termos básicos, toda nação possui os recursos naturais de qualquer água ou terra abaixo daquela água, contanto que isso esteja dentro de 200 milhas náuticas de seus litorais ou acima de 300 milhas náuticas de sua plataforma continental.

Se certifique de ficar ligado em todos os nossos vídeos novos assinando ao TestTube. Obrigado por assistir.

Espero que vocês tenham gostado do vídeo de hoje e da transcrição/tradução! Como sempre, não deixem de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim vocês estão ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis! Link para o vídeo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=s87KIX6owk0 Abração e bons estudos a todos vocês!