Aprendendo inglês com vídeos #004: James Robertson Walks 21 Miles Each Way to His Job

115713
76

Atualizado em 28/01/2016

Aprendendo inglês com vídeos é uma série de posts em que traremos para vocês vídeos acompanhados de transcrições e traduções, pois este é um material de altíssima qualidade para qualquer estudante de inglês. A grande maioria dos vídeos virão do YouTube, assim como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vamos usar, pedimos que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo).

James Robertson Walks 21 Miles Each Way to His Job in Detroit (Transcrição)

David: And finally tonight here, our Person of of the Week. You know we love visiting American factories and celebrating workers across this country, but tonight one worker who is beyond committed. Not just walking to work, walking ten miles each way because he couldn’t afford a new car. Tonight here, the big surprise for him just today. We were there for it and for our Person of the Week.

James: Hello. My names is James Robertson. I’m 56 years old, I live in Detroit.

David: Like so many Americans, James Robertson gets up every morning to go to work. His commute on foot, 21 miles. That’s right, more than ten miles each way.

James: I walk 21 miles every day just to get to the job that I love.

David: A factory worker at Schain Mold and Engineering, he’s never missed a day of work in his 13 years there.

James: It’s fine. My coworkers, we’re like a second family.

David: A family worth walking to ever since his car broke down more than a decade ago.

James: I had bought  a 1988 Honda for $500 and it only lasted about three or four months.

David: He said he could never afford a new car. Over time, driving to work himself, a Detroit banker, Blake Pollack, notices something.

Blake: The thing that I saw was this man walking down the road at all different points on this road in all types of weather.

David: So one day, he offers James a ride and a friendship soon forms.

Blake: This commute is just astonishing to me.

David: The banker tells the newspaper, The Detroit Free Press, then the article, then a 19 year old college student reads it. Enter Evan Leedy.

Evan: I read in the comments that people were asking how they could donate, which inspired me to create the GoFundMe page.

David: The goal? To raise $5,000 to get James an old used car.

Evan: Within four hours, we had $25,000 donated and $25,000 turned into $50,000 and turned into $100,000 and now it’s up to $300,000.

David: First the banker, then the student, then the Detroit giant, Ford who invited James today to test drive some cars aware of all those donations, but when James got there, they simply gave him the car instead.

Ford Person: The keys to your new Ford Taurus. Let’s come take a look at it.

David: He was overwhelmed that they gave him the car.

Ford Person: Do you like it?

James: I don’t like it. I love it!

David: And then it hits him.

James: You know if only my parents could see me now.

David: Saying if only his parents could see him, but tonight the whole country has.

James: I feel like I’m just a simple, average guy having fun and I’ve been blessed, y’know to do what I’ve been blessed to do.

David: And so we choose James Robertson. A team is helping him to plan his retirement and home repairs with those donations. He’s back to work on Monday, driving this time. I’m David Muir. I hope you have a great weekend. We’ll see you on Monday night. Good night.

James Robertson anda 21 milhas em cada ida para o trabalho em Detroit (Tradução)

David: E finalmente hoje a noite aqui, nossa pessoa da semana. Vocês sabem que nós amamos visitar fábricas americanas e celebrar os trabalhadores por este país, mas hoje a noite um trabalhador que é além de comprometido. Não somente andando para o trabalho, andando dez milhas cada percurso porque ele não podia comprar um carro novo. Hoje a noite aqui, a grande supresa para ele, somente hoje. Nós estávamos lá para isso e para a nossa pessoa da semana.

James: Olá, meu nome é James Robertson. Eu tenho 56 anos de idade, eu moro em Detroit.

David: Como muitos americanos, James Robertson se levanta toda manhã para ir para o trabalho. Sua caminhada a pé, 21 milhas. É isso mesmo, mais de 10 milhas cada percurso.

James: Eu ando 21 milhas todo dia simplesmente para chegar ao trabalho que eu amo.

David: Um operário na Schain Mold and Engineering, ele nunca perdeu um dia de trabalho em seus 13 anos lá.

James: É bom. Meus colegas de trabalho, nós somos como uma segunda família.

David: Uma família pela qual vale a pena andar desde que seu carro quebrou há mais de uma década atrás.

James: Eu tinha comprado um Honda 1988 por $500 e ele só durou em torno de três ou quatro meses.

David: Ele disse que ele nunca pôde pagar por um carro novo. Com o tempo, dirigindo para o trabalho, um bancário de Detroit, Blake Pollack, nota algo.

Blake: O que eu notei foi aquele homem andando pela estrada em vários pontos diferentes nessa estrada em todo tipo de clima.

David: Um dia, ele oferece a James uma carona e uma amizade logo se forma.

Blake: Esse trajeto é simplesmente surpreendente para mim.

David: O bancário conta ao jornal, A livre imprensa de Detroit, então veio o artigo, e então um estudante da faculdade lê isso. Aí entra Evan Leedy.

Evan: Eu li nos comentários que as pessoas estavam perguntando como eles poderiam fazer doação, o que me inspirou a criar a página no GoFundMe.

David: O objetivo? Levantar $5.000 para comprar um carro usado para James.

Evan: Dentro de quarto horas, nós tínhamos $25.000 doados e $25.000 se tornaram $50.000 que se tornaram $100.000 e agora isso está acima de $300.000.

David: Primeiro o bancário, depois o estudante e depois o gigante de Detroit, a Ford que convidou James hoje para testar alguns carros ciente de todas aquelas doações, mas ao invés disso quando James chegou lá eles simplesmente deram o carro para ele.

Pessoa da Ford: As chaves para o seu novo Ford Taurus. Vamos dar uma olhada nele.

David: Ele ficou emocionado porque deram o carro para ele.

Pessoa da Ford: Você gosta?

James: Eu não gosto. Eu amo!

David: Então algo toca ele.

James: Sabe se somente os meus pais pudessem me ver agora.

David: Dizendo, se somente seus pais pudessem vê-lo, mas essa noite o país inteiro viu.

James: Eu me sinto apenas como um simples cara normal me divertindo, e eu fui abençoado, sabe, por fazer o que fui abençoado para fazer.

David: Então nós escolhemos James Robertson. Uma equipe está ajudando ele a planejar a sua aposentadoria e a reforma da casa com as doações. Ele está de volta ao trabalho na segunda, dessa vez dirigindo. Eu sou David Muir. Eu lhes desejo um ótimo fim de semana. Nos vemos na segunda a noite. Boa noite.

Espero que vocês tenham gostado do vídeo de hoje e da transcrição/tradução! Como sempre, não deixem de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim vocês estão ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis! Link para o vídeo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=2a7yn1kTy4E#t=177  Abração e bons estudos a todos vocês!