Home Qual a diferença em inglês? Aprenda a usar A e An corretamente

Aprenda a usar A e An corretamente

73754
14
SHARE
Aprenda a usar A e An corretamente

A dica de hoje é para atender àquelas pessoas que estão começando seus estudos da língua inglesa. Como temos leitores de todos os níveis, buscamos sanar as dúvidas de todos eles sempre que podemos. Bom, como iniciante você já se deparou ou ainda vai se deparar com os artigos A e An e pode ficar confuso quanto ao seu uso. Não se preocupe, na verdade é bem simples entender isso, além do mais serão disponibilizados vários exemplos para que você entenda de uma vez por todas sem restar dúvidas.

Se você já lê os posts aqui do blog, já está acostumando a ver a recomendação do Anki nos posts, mas se por acaso você é novo por aqui, em todos os posts com dicas recomendamos que você pegue todos os exemplos dados e coloque no Anki. O Anki é um programa de computador que usa o sistema de repetição espaçada. Esse sistema permite que você adicione o conteúdo estudado, de modo que você “treine” e não se esqueça nada do que aprende. Também é uma maneira de estar todos os dias em contato com o idioma. Bom, para saber mais leia o nosso post Com instalar e usar o Anki –  Tutorial completo.

Okay, mas afinal, como se usa A e An corretamente?

A e An significam a mesma coisa, Um ou Uma. No inglês não temos distinção de gênero feminino ou masculino nos artigos. No caso de A e An, o que muda é só a situação em que cada um é usado. Veja os exemplos abaixo e tente notar:

I want a avocado –> Errado
I want an avocado –> Correto
Eu quero um abacate

I drive an car –> Errado
I drive a car –> Correto
Eu dirijo um carro

No exemplo acima você pode ver a diferença. Mas para não confundir ninguém vou explicar. Sempre que a palavra após o artigo começar com som de vogal, você vai usar o An.  Vamos ver os exemplos com An, assim você se familiariza com o artigo vendo-o em uso antes de irmos para o próximo.

This is an animal.
Isso é um animal.

He is an engineer.
Ele é um engenheiro.

She is an actress.
Ela é uma atriz.

I’m an architect.
Eu sou um arquiteto.

Veja nestes próximos exemplos que as palavras apesar de terem consoantes no início, possuem som de vogal. Nesse caso também iremos usar An:

He is an honest man.
Ele é um homem honesto.
(Na palavra Honest, como no português, o H é mudo fazendo com que a palavra comece com o som de O)

An hour.
Uma hora.

Viu como é fácil, se tiver vogal depois do artigo é só acrescentar um “N”, assim o artigo fica An. Se tiver consoante com som de vogal também usa-se o An.

Vamos agora ver onde usar o artigo A. Nesse caso, sempre que existir uma consoante após o artigo usamos o A. Não tem mistério. Vamos aos exemplos.

I’m a teacher.
Eu sou um professor.

My father is a lawyer.
Meu pai é um advogado.

He is a mechanic.
Ele é um mecânico.

Look it’s a bear!
Olha, é um urso!

I’m a Chinese doctor.
Eu sou um médico chinês.

Bom esses foram os casos e exemplos mais comuns de A e An. Eu não sei exatamente se toda regra tem exceção, mas essa infelizmente tem. Existem algumas palavras que soam como Vogal e algumas até começam mesmo com vogal, mas, NÃO se usa An. Para facilitar, aqui vai uma dica de um amigo nativo, segundo ele quando você tiver o som de “iu”, “io” ou “uo” no começo de uma palavra você pode usar A. Mas não se preocupe, essas palavras são exceção e com o tempo, leitura e ouvindo o idioma você vai se acostumar a percebê-las e usá-las com o artigo correto e não vai mais fazer confusão. Okay, vou mostrar algumas delas como exemplo:

They are a european couple.
Eles são um casal europeu.
(Aqui o som da primeira sílaba da palavra european soa algo como “io””, por isso usamos o a”

She is a woman.
Ela é uma mulher.
(A letra W de Woman, soa como vogal, mas é uma das exceções em que usamos o artigo A pois a primeira sílaba soa como “uo”)

He’s a wonderful kid.
Ele é uma criança maravilhosa.
(Aqui novamente temos a primeira sílaba de uma palavra que no caso é wonderful, após o artigo soando como “uo”)

I have a uniform.
Eu tenho um uniforme.
(Aqui a palavra uniform na sua primeira sílaba soa como “iu”)

Esses foram alguns exemplos das palavras que sofrem exceção. Para finalizar só quero fazer uma observação. Na verdade quero chamar a sua atenção para um detalhe. Você deve sempre alterar o artigo de acordo com a palavra que vem logo após ele, veja:

1 – An architect – He is a great architect .
Um arquiteto – Ele é um grande arquiteto.
(Note que quando me referi ao arquiteto somente usei o artigo An, mas quando dei a qualidade Great usei o artigo A, pois a palavra Great estava logo depois do artigo e começa com consoante)

2 – An animal – This is a dangerous animal.
Um animal – Este é um animal perigoso.
(Aqui temos o mesmo caso do primeiro exemplo, Quando me refiro somente ao animal digo, An animal, porém quando Acrescento a palavra dangerous que vem logo depois do artigo, devo usar a: A dangerous animal)

Quando a palavra após o artigo começar com vogal usa-se An. Quando começar com consoante usa-se A. Essa seria a teoria da coisa, bem simples, mas mesmo assim recomendo que você se foque nos exemplos dados. Vendo vários exemplos você será capaz de entender facilmente o uso dos artigos A  e An. Quanto a excessão que disse por último, não se preocupe tanto, elas aparecem com uma frequencia menor e você vai aprendê-las naturalmente com o tempo.

Chegamos ao fim da dica de hoje, se você gostou, se foi útil deixe seu comentário e compartilhe, podem haver outros que tenham a mesma dúvida. Abraço e até a próxima.

DOWNLOAD DOS ARQUIVOS DE ÁUDIO

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit
SHARE
  • Renan G.

    Como de costume, mais um artigo de qualidade, parabéns Mairo! É sempre bom relembrar, afinal, há aqueles momentos em que bate uma dúvida, ainda mais se for com uma palavra que não usamos rotineiramente ou não estamos familiarizados com a pronúncia. Obrigado por disseminar conhecimento!

  • Hilton Lima

    Mairo quando você cita as exerções, com o surgimento do “iu” “io” ou “uo” no comerço de uma palavra, você pode usar A ao invés de AN? Não é isso que você quis dizer? Pois acho que houve um erro de digitação na explicação.Porque há uma controvérsia entre o que está sendo explicado e o que está sendo exemplificado…

    • Paulo

      E aí Hilton, não sou o Mairo mas sou aqui da equipe. Você tem razão, foi um erro de digitação mas já foi corrigido, valeu por avisar, abraços.

  • Yuri Nascimento

    Mairo voce pode fazer um artigo explicando o uso do ” ain’t” ..ouvi falar muita coisa desse expresão/palavra/giria,rs
    Desde já , obrigado!

  • Fabriccio Santos

    Perfeito, sucesso pra vocês!

  • Gustavo Pacheco

    Mario ou Aquém da equipe eu preciso de um texto com áudio pode me ajudar onde consigo especificamente

  • Felipe Andrade

    Thanks for your help.

  • Pauliane Coelho

    Bacana vocês explicarem as exceções, porque nos cursinhos os professores restringem a dizer somente “quando começa com vogal” e “quando começa com consoante”.

    Muito bom!

  • Layh D. Uchiha

    Gostaria muito de gostar do Anki, instalei, mas acabei desinstalando depois de pouco tempo, é chato pq ele não lembra e se demorar de acessar as frases, expressões elas somem, ao menos ocorreu comigo ;-;
    Às vezes bate um desânimo, amo inglês, mas não consigo evoluir.

  • Israel

    Obrigado pelas dicas. Gostaria de tirar a dúvida referente a palavra yellow. Seria “A yellow” ou “an yellow”?
    Obrigado.

  • Alison Paixão

    Ótimo, eu já sabia um pouco sobre essa regra, mas pelo jeito não sabia tanto como eu pensava.

  • Amancio Cardoso

    Olá, em linguística existe um termo conhecido como “choque vocálico”, na verdade é o momento em que numa sequência de palavras há um choque entre a vogal da palavra que termina, com a vogal da palavra que começa. Exemplo: se for “a apple” – tente pronunciar. Se for ” Ir a a praia”, tente pronunciar. Na verdade o primeiro exemplo foi na língua inglesa, enquanto que na segunda o português. Neste último, para evitar o choque vocálico, suprime-se um “a” e acentua-se para indicar que houve uma união entre duas, a esse fenómeno chama-se crase/contracção. No exemplo do inglês, nesta estrutura gramatical acrescenta-se o “n” seguido do “a” para evitar o choque. Por regra é assim que funciona mas claro, há excepções conforme explicou o Paulo (Iu, Oi e Uo).
    Obs: ignore p.f. as diferenças na escrita, o meu país não ratificou o novo acordo ortográfico.

  • Francieli Torres

    Patá bens pela dica! Foi de grande utilidade. Eu não sabia nenhuma regra