Aprendendo Inglês Com Vídeos #181: What Is The Most Corrupt Country In Europe?

46062
12
SHARE

Aprendendo inglês com vídeos é uma série de posts em que traremos para vocês vídeos acompanhados de transcrições e traduções, pois este é um material de altíssima qualidade para qualquer estudante de inglês. A grande maioria dos vídeos virão do YouTube, assim como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vamos usar, pedimos que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo)

What Is The Most Corrupt Country In Europe? (Transcrição)

1 – According to the RAND Corporation, corruption in Europe comes with a price tag of nearly a trillion euros every year. Three quarters of Europeans surveyed in 2013 said that corruption in the continent was widespread and many of them said it was increasing. So we wanted to know, what is the most corrupt country in Europe? Well, every year Transparency International releases the corruption perception index. In 2015, ranked at number 130, out of a worldwide 168, and alongside countries such as Cameroon, Iran, and Nepal, the most corrupt country in Europe appears to be Ukraine.

2 – With a score of just 27 out of 100, Ukraine has long been one of the least transparent states in the region, even ranking two full points below neighboring Russia. One of the biggest sources of corruption is bribery, which is most often used in day-to-day interactions to speed up the very inefficient government bureaucracy. A 2008 survey found that the highest rates of corruption occurred in vehicle inspections, police interactions, health care, the court system, and higher education such as universities.

3 – According to one Ukrainian anti-corruption advisor, more than $12 billion dollars a year disappears from the budget  due to corruption. This culture of bribery is so deeply ingrained that former President, Viktor Yanukovych, allegedly paid a total of $2 billion dollars in bribes to various officials just over the course of his four years in office. Much of this money was spent paying election officials to ensure his party’s majority in Parliament. In fact, Ukraine’s elections have long been marked by well-known and widespread fraud.

4 – In the 2004 election, multiple foreign observers noted voter intimidation and direct electoral fraud in favor of Yanukovych. This prompted countrywide riots known as the “Orange Revolution”. In the face of these riots, the Ukrainian Supreme Court nullified the results of the election and ordered a second vote to be taken, which Yanukovych’s opponent ultimately won. Another area of corruption is Ukraine’s court system, which unlike most developed countries, does not, in practice, operate under a separation of powers.

5 – Judges are regularly pressured by high ranking government officials to vote in their favor, or to pass down lenient sentences to their associates. And despite an anti-corruption push in 2010, leading to hundreds of criminal cases against active officials, very few were ultimately prosecuted. A 2009 poll found that fewer than one in three Ukrainians believed it is possible to get a fair trial.

6 – Ukraine has an enormous number of problems, from widespread alcoholism, to a deeply insufficient health care system, failing infrastructure, and as of 2016, seemingly no reduction in corruption. WikiLeaks revealed that the US considered the country a “kleptocracy”, that is, government by thieves. Ukraine’s newest President, Petro Poroshenko, is an oligarch and businessman, who is known as the Chocolate King for his ownership of the largest confectionery manufacturer in the country.

7 – Despite his promises to crack down on corruption, many believe that Ukraine will continue to be the most corrupt country in Europe. Are you on Snapchat? So are we, and we’re telling really, really cool stories that you won’t hear anywhere else. Do us a favor, open your SnapChat app, pause the video and scan this code. We want to know what you think! Thanks for watching Seeker Daily; don’t forget to like and subscribe for more videos every day!

Qual é o País Mais Corrupto na Europa? (Tradução)

1 – De acordo com a RAND Corporation, a corrupção na Europa vem com uma etiqueta de quase um trilhão de euros todo ano. Tês quartos dos Europeus entrevistados em 2013, disseram que a corrupção no continente era difundida e muitos deles disseram que estava aumentando. Então nós quisemos saber, qual é o país mais corrupto da Europa? Bom, todo ano o Transparency International publica o índice de transparência de corrupção. Em 2015, ranqueado na 130º posição, de uma lista mundial de 168, e junto com países como Camarões, Iran e Nepal, o país mais corrupto na Europa parece ser a Ucrânia.

2 – Com uma pontuação de somente 27 de 100, a Ucrânia é há muito tempo um dos países menos transparentes na região, até mesmo ranqueando dois pontos completos abaixo da vizinha Rússia. Uma das maiores fontes da corrupção é o suborno, o qual é muito frequentemente usado nas interações cotidianas para acelerar a burocracia muito ineficiente do governo. Uma pesquisa de 2008 revelou que as maiores taxas de corrupção ocorreram em inspeções de veículos, interações com a polícia, assistência médica, no sistema judicial, e no ensino superior, tais como as universidades.

3 – De acordo com um dos assessores anti-corrupção ucranianos, mais de 12 bilhões de dólares desaparecem por ano do orçamento por causa da corrupção. Essa cultura de suborno está tão profundamente impregnada que o vice presidente, Viktor Yanukovych, alegadamente pagou um total de 2 bilhões de dólares em suborno para vários oficiais somente no curso de seus quatro anos em exercício. Grande parte desse dinheiro foi gasto pagando oficiais eleitorais para garantir a maioria do seu partido no parlamento. Na verdade, as eleições ucranianas são marcadas a muito tempo por fraude bem conhecida e difundida.

4 – Na eleição de 2004, vários observadores estrangeiros perceberam intimidação eleitoral e fraude eleitoral direta a favor de Yanukovych. Isso provocou motins em todo o país conhecidos como a “Revolução Laranja”. Em face desses motins, a suprema corte ucraniana anulou os resultados da eleição e ordenou que uma segunda votação fosse realizada, a qual o oponente de Yanukovych venceu. Outra área de corrupção é o sistema judicial da Ucrânia, o qual diferente da maioria dos países desenvolvidos, não opera, na prática, sob uma separação de poderes.

5 – Os juízes são normalmente pressionados por oficiais do governo de alta patente a votarem em seu favor ou a passar sentenças lenientes a seus associados. E apesar de um esforço anti-corrupção em 2010, levando a centenas de casos criminais contra oficiais da ativa, muito poucos foram processados no fim das contas. Uma pesquisa de 2009 revelou que menos de um a cada tês ucranianos acreditavam que é possível conseguir um julgamento justo.

6 – A Ucrânia tem um número enorme de problemas, desde alcoolismo difundido até um sistema de assistência médica profundamente insuficiente, infraestrutura falha e, até 2016, nenhuma redução na corrupção. O WikiLeaks revelou que os EUA consideravam o país uma “Cleptocracia”, que significa governado por ladrões. O mais novo presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, é um oligarca e um homem de negócios que é conhecido como o Rei do Chocolate, por ser dono de uma das maiores fabricantes de confeitaria no país.

7 – Apesar de suas promessas de colocar limites na corrupção, muitos acreditam que a Ucrânia irá continuar a ser o país mais corrupto na Europa. Você está no Snapchat? Nós também, e nós estamos contando histórias muito, muito legais que você não vai ouvir em nenhum outro lugar. Faça-nos um favor, abra seu aplicativo Snapchat, pause o vídeo e escaneie este código. Nós queremos saber o que você acha! Obrigado por assistir ao Seeker Daily; não se esqueça de curtir e se inscrever para mais vídeos todos os dias!

Espero que vocês tenham gostado do vídeo de hoje e da transcrição/tradução! Como sempre, não deixem de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim vocês estão ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis! Link para o vídeo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=fCsA_QUdcd0 Abração e bons estudos a todos vocês!

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit
SHARE
  • Marcos Oliveira

    Paulo, recomendo IMENSAMENTE o canal TED-ED! Eles tem uma tonelada de vídeos educativos e 90% deles já possuem uma legenda em PT que alguém contribuiu. Todos eles tem legenda em Inglês e os locutores são simplesmente perfeitos pois falam numa velocidade normal e e clara. Por favor peço que deem uma olhada lá 🙂

    Belo trabalho, btw.

    • E aí, Marcos. O TED é realmente interessante. O motivo de não usarmos muitos vídeos deles é porque os vídeos, na maioria das vezes, são muito cumpridos. Aqui pra série tem que ser algo em torno de 1 a 5 minutos. Agora, os vídeos do TEd-Ed nós temos vários na série Aprendendo Inglês Com Vídeos. Valeu pelo comentário.

  • Roberto Travassos

    Elogio a forma que acompanha o seu conteúdo , Verifica que as pessoas estão realmente usando.. Parabens

  • Vinicius Felipe

    Em meio complexo estudar sem entender a maior parte do texto, mas não custa tentar. Obrigado por suas dicas, mairo vergara.

  • SILAS

    Muito bom esses vídeos com o texto em Inglês, parabéns Vergara.

  • Marllon Amaral Scroccaro

    Eu tenho uma duvida, em algumas transcrição parece que tem algumas partes faltando em outras parece que foi acrescentado palavras, isso é proposital para a gente percebe quando esculta o áudio?

  • Thank’s Mairo’s team! 🙂

  • Luks[TheSky]Walker

    Em “former president” seria ex-presidente e não vice.

  • José Geraldo Gurgel

    Muito bom esses textos, estou conseguindo fazer material para continuar a praticar textos com áudios. Valeu equipe Mairo Vergara.

  • Cristina-Victor Galvão

    Víktor Yanukóvytch não foi vice presidente e sim presidente, mais especificamente primeiro ministro

  • Jefferson Berto

    Eu acho que índice de transparência da corrupção não faz muito sentido! A transparência tem que ser observada nas ações do governo, mas como a palavra enfatizada é corrupção, acredito que a tradução direta ” índice da percepção da corrupção’ se aplique melhor! Ou então, ao menos justifica aqui abaixo o porque de ter sido traduzida assim. Obrigado!

  • Marcelo Miotto

    former President – Creio que não é vice-presidente e sim ex-presidente.