Home Phrasal Verbs Butter Up | O Que Significa Este Phrasal Verb?

Butter Up | O Que Significa Este Phrasal Verb?

28106
6
Butter Up | O Que Significa Este Phrasal Verb?

Gosto muito de navegar pela Internet e ler artigos sobre diferentes línguas do mundo. Faço isso para entender qual papel de determinado idioma em certo contexto e para relembrar meus objetivos como estudante de línguas. Semana passada, ao procurar artigos sobre inglês para negócios, me deparei com uma declaração muito interessante. O autor disse que é possível afirmar que 75% dos e-mails e 60% dos telefonemas de negócios no mundo são feitos em inglês. Agora pare e pense: é praticamente impossível não saber falar inglês no mundo empresarial. Portanto, se você está inserido nesse meio ou tem interesse em ingressar nesse mundo, inglês não é só importante: é fundamental.

Hoje eu trouxe um phrasal verb que tem a ver com o contexto corporativo que estamos falando: butter up. Sabe quando uma pessoa fica atrás do chefe, bajulando, puxando o saco? Então, butter up é isso! E é claro que podemos usar essa expressão em outros contextos, como por exemplo na escola, quando um aluno é puxa-saco do professor.

O interessante é que a palavra butter é usada na maioria das vezes como manteiga, mas ela pode ser também o verbo passar manteiga em algo. Achei engraçado descobrir que um dos sinônimos de puxa-saco em português é mantegueiro. Tudo a ver com o phrasal verb em inglês! Agora que você já sabe o que essa expressão quer dizer, é hora de irmos aos exemplos, para você entender como usá-la.

Eu recomendo que você use o Anki para estudar os modelos que a gente apresenta aqui. Não sabe o que é o Anki? É uma ferramenta de repetição espaçada super eficiente e totalmente grátis. Para entender melhor sobre ela, clique aqui.

Veja os exemplos de butter up abaixo:

He tried to butter up his boss in hopes of getting an extra day off.
Ele tentou bajular seu chefe esperando receber um dia de folga extra.

Stop trying to butter me up and just tell me what you want.
Pare de tentar me bajular e apenas me diga o que você quer.
(Quando temos um pronome com a função de objeto da frase – neste caso “me”- o phrasal verb butter up tem que ser separado por ele.)

I tried buttering my tutor up but she still wouldn’t let me hand it in late.
Eu tentei puxar o saco da minha professora, mas ela ainda assim não me deixou entregar atrasado.
(No caso acima, perceba que o phrasal verb está separado pelo objeto da frase, mas que esse objeto – my tutor –  não é um pronome. Neste caso, você pode optar por separar ou não o phrasal verb.)

You’ll have to butter them up a bit before they’ll agree.
Você terá que bajulá-los um pouco antes deles concordarem.
(‘ll é a contração do verbo will, que usamos antes de outro verbo para deixá-lo no futuro.)

A student tried to butter the teacher up.
Um aluno tentou puxar o saco da professora.

The magazine tried to get her to write an article by buttering her up.
A revista tentou fazê-la escrever um artigo bajulando-a.
(Aqui você vê a estrutura “by buttering her up”. A real ideia que a frase passa, especialmente por causa da preoposição by, é – através do ato de bajular “ela”)

My coworker, hoping for a raise, is always buttering up the boss.
Meu colega de trabalho, esperando um aumento, está sempre bajulando o chefe.
(Butter + ing = buttering, que passa a ideia de que algo acontece continuamente.)

She buttered up the teacher again.
Ela bajulou o professor novamente.
(O passado de butter é buttered.)

If we butter up the bartender, maybe he’ll buy us a drink.
Se nós bajularmos o barman, talvez eles nos compre uma bebida.

If you butter up Dad, he’ll let you borrow the car.
Se você puxar o saco do papai, ele deixará você pegar o carro emprestado.

Lembre-se sempre que é importante saber o contexto em que um phrasal verb está inserido para entender seu real sentido. É sempre melhor aprender essas expressões na prática do que decorando listas e mais listas. Se você gostou do post, comente e compartilhe. Até mais!

Conteúdo grátis

BAIXE O MATERIAL DO POST(PDF+MP3) PARA ESTUDAR QUANDO E COMO QUISER.