Home Qual a diferença em inglês? Qual a diferença entre About e On?

Qual a diferença entre About e On?

1247
0
Qual a diferença entre About e On?

Hoje vamos ver a diferença entre about e on. Ambas estão entre as cem palavras mais usadas do inglês, sendo assim parte essencial, basilar do idioma. Estudantes Brasileiros frequentemente as confundem, por ambas poderem ser traduzidas como “sobre” ou “a respeito de”, em vários contextos. É uma confusão que se esclarece facilmente, no entanto, quando entendemos as funções de cada uma.

About e on podem ambas desempenhar duas funções sintáticas: preposição ou advérbio. Suas traduções mais comuns são “em”, “por” e “sobre”. Há, no entanto, contextos onde elas não são traduzíveis, por estarem inseridas numa estrutura maior — a qual, então, é traduzível. Ao vermos os diferentes usos de about e on, no decorrer deste post, com vários exemplos em situações reais, isso tudo ficará bem claro.

Antes de partir para os exemplos e explicações, é fundamental que você conheça o Anki. Esse fantástico programa de revisão nos permite memorizar palavras novas com muita facilidade — usando, para isso, frases como as que veremos aqui. Veja nosso tutorial completo do Anki e conheça essa poderosa técnica de estudo.

About

1 – Veremos primeiro about na função de preposição. Nesse caso, about pode ter os sentidos de “sobre”, “a respeito de” (um assunto), ou ainda “em redor de”, “acerca de” (um local físico). A tradução, tanto de about como on, muito frequentemente pode ser “em”. O mais importante disso tudo é você se acostumar às situações onde about e on são usadas, por meio do contato com estes exemplos (procure ler e ouvir cada um, várias vezes):

I was thinking about you.
Eu estava pensando em você.

A book about ancient Greece.
Um livro sobre a Grécia antiga.

It’s all about having fun.
O objetivo é se divertir.
(Tradução literal: “É tudo sobre ter diversão”. “It’s all about” é uma estrutura bem comum, que transmite o sentido de “o objetivo é”.)

There’s nothing we can do about it.
Não há nada que nós possamos fazer a respeito.

He looked about the room.
Ele olhou em redor da sala.

I paused, gazing about the room.
Eu pausei, olhando em redor da sala.

They strolled about the gardens, enjoying the beautiful day.
Eles passearam pelos jardins, curtindo o belo dia.

He paused, looked about himself for a moment, and sighed.
Ele pausou, olhou em redor dele mesmo por um momento, e suspirou.

Rugs were strewn about the hall.
Tapetes foram espalhados pelo hall.

He produced a knife from somewhere about his person.
Ele arrumou uma faca de algum lugar em seu corpo.
(Tradução literal: “Ele fez surgir uma faca de algum lugar em redor de sua pessoa”.)

There was a look about her that said everything.
Havia um olhar acerca dela que dizia tudo.

The girl’s eyes had a blank look about them.
Os olhos da garota tinham acerca deles um aspecto vazio.
(“look” pode significar “olhar”, “aparência”, “aspecto”, “expressão”.)

The French veteran has a grace about his movement.
O veterano Francês tem uma graça acerca de seus movimentos.
(O plural “seus movimentos” é mais natural em português, nessa situação — o contrário ocorre em inglês, com o singular “his movement”, que é “seu movimento”.)

2 – Agora, temos about como advérbio. Nesse caso, ele pode ser equivalente a “em redor” ou “por”, ou ainda a “aproximadamente”, “cerca de”:

Finding my way about.
Encontrando meu caminho em redor.

A small space was fenced off so that the lion could move about.
Um espaço pequeno foi cercado para que o leão pudesse movimentar-se em redor.

There was a lot of flu about.
Havia muita gripe em redor.

I have friends scattered about Australia.
Eu tenho amigos espalhados pela Austrália.

She had scars all about her body and face.
Ela tinha cicatrizes por todo corpo e rosto dela.

Reduced by about 5 per cent.
Reduzido em aproximadamente 5 por cento.

He’s about 35.
Ele tem cerca de 35.

I get about five emails per day from them.
Eu recebo cerca de cinco emails por dia deles.

On

1 – Vejamos agora on, primeiro como preposição. Nesse caso, equivale quase sempre a “em”; em casos menos frequentes, traduz-se como “a” ou “por”:

On the table was a water jug.
Na mesa havia um jarro de água.

She was lying on the floor.
Ela estava deitada no chão.

A sign on the front gate.
Um sinal no portão da frente.

The house on the corner.
A casa na esquina.

He was lying on his back.
Ele estava apoiado em suas costas.

Put it on the table.
Ponha na mesa.

A scratch on her arm.
Um arranhão no braço dela.

A smile on her face.
Um sorriso no rosto dela.

A book on careers.
Um livro sobre carreiras.

We got on the train.
Nós entramos no trem.

Put your ideas down on paper.
Ponha suas ideias no papel.

A constitution modelled on America’s.
Uma constituição modelada na da América.

Reported on September 26.
Relatado em 26 de setembro.

On a very hot evening in July.
Em um quente fim de tarde em julho.

His attendant was out on errands.
O atendente estava fora, a dar recados.
(“a” aqui é preposição, claramente, assim como “em” anteriormente. “on errands” pode ter também o sentido de “a realizar tarefas”, ao invés de “a dar recados”, em alguns contextos.)

They would be allowed to serve on committees.
Eles seriam permitidos servirem em comitês.

Thousands marching on Washington.
Milhares marchando em Washington.

He was on his way to see his mother.
Ele estava em seu caminho para ver sua mãe.

John got some sleep on the plane.
John dormiu um pouco no avião.
(Tradução muito literal: “John obteve um pouco de sono em o avião”.)

He is on morphine to relieve the pain.
Ele está em (uso contínuo) de morfina, para aliviar a dor.
(O parêntese apenas complementa o sentido. Quando se diz “[someone] is on [a drug]”, ou seja, “[alguém] está em [uma droga]”, significa que a pessoa está usando regularmente uma droga ilícita ou um medicamento.)

The drinks are on me.
As bebidas são por minha conta.
(Tradução literal: “As bebidas são em mim”.)

If ever we’re in the same city, dinner’s on me.
Se nós estivermos em algum momento na mesma cidade, o jantar é por minha conta.
(“dinner’s on me” seria literalmente “o jantar é em mim”.)

We can put another $50 on the course fees.
Nós podemos colocar outros $50 nas taxas do curso.

2 – Por fim, temos on como advérbio. Este é o uso mais imprevisível, irregular. Nesse caso, on frequentemente indica a continuação de um movimento ou uma ação. De modo similar, pode passar a ideia de “em frente”. On pode também ser advérbio de lugar, para dizer que algo está “em cima de” outra coisa:

Make sure the lid is on.
Certifique-se de que a tampa está colocada.
(Ou seja, a tampa está “em cima de” um certo objeto. É justamente o uso de “on” como advérbio de lugar.)

Sitting with her coat on.
Sentada, vestida em seu casaco.
(Tradução literal: “Sentando, com seu casaco colocado”. “On” aqui carrega o sentido de algo estar “por cima” de outra coisa; de o casaco estar “colocado” nela, portanto.)

She burbled on.
Ela continuou a murmurar.
(“burble” significa “murmurar”, “balbuciar”. “On” dá a ideia de continuidade, de que a pessoa fez a ação repetidamente ou continuamente.)

He drove on.
E seguiu em frente (dirigindo).
(“Drive” é “dirigir”. “On” aqui sugere a ideia de continuar “em frente”.)

I’ll see you later on.
Eu vejo você depois.
(Tradução literal: “Eu vou ver você mais tarde em”. “later on” equivale a “depois” “mais tarde”.)

Time’s getting on.
O tempo está continuando em frente.
(Novamente, “on” sugere “em frente”. “Getting” pode ser sinônimo de “continuando”, “obtendo”, “conseguindo”, “chegando”.)

What’s on at the May Festival.
O que está acontecendo no Festival de Maio.
(Tradução literal: “o que está em em o Festival de Maio”. “On” aqui quer dizer “acontecendo”, “passando”. “At” é uma preposição que indica um lugar, comumente traduzida como “em” também.)

There’s a good film on this afternoon.
Há um filme bom passando esta tarde.

The match is still on.
A partida ainda está acontecendo.

They always left the lights on.
Eles sempre deixavam as luzes acesas.
(“On” aqui tem o sentido de “aceso”, “em funcionamento”.)

That’s your cue. You’re on.
Essa é sua pista. É a sua vez.
(A tradução literal de “you’re on” é “você está em”. “On” aqui transmite um sentido parecido com o da frase anterior; de algo estar “em atividade”, “em operação” — de “ser a vez de” algo.)

Come on girls, you are on in five minutes.
Vamos lá, garotas, é a vez de vocês em cinco minutos.

Chegamos ao final. Use o Anki para fixar realmente about e on, nos diversos usos que vimos. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, comente abaixo. Compartilhe o post e até mais!

Conteúdo grátis

BAIXE O MATERIAL DO POST(PDF+MP3) PARA ESTUDAR QUANDO E COMO QUISER.