Home Estruturas do inglês Verbo To Be | Todos os usos e formas

Verbo To Be | Todos os usos e formas

1335071
65

E aí pessoal. Hoje trazemos para vocês um artigo completo sobre o verbo to be. Apesar de ser algo considerado básico, tenho certeza que muita gente que encontra o nosso site ou que já é leitor, ainda pode ter dúvida sobre isso. Como sempre então, vamos buscar explicar este tema tão explorado de maneira simples e com muitos exemplos para contextualizar.

O verbo to be é aquele tema que muita gente diz que estuda 8 anos na escola, mas ainda assim não sabe o que é, pra que serve e como se usa. Se você também tem estas dúvidas, hoje este problema vai acabar.

Então para começo de conversa, precisamos destacar que no português temos dois verbos diferentes, o verbo ser e o verbo estar, e ambos são “independentes”. Este é um ponto complicado para estudantes brasileiros, pois é aqui que está o X da questão. Em inglês usamos somente um verbo para expressar os dois sentidos e seu significado dependerá do contexto. Esse verbo é o verbo to be, que significa ser e estar. Então repetindo, em inglês usamos somente o verbo to be para expressar a ideia dos verbos ser e estar.

Um segundo ponto importante a se destacar, é que apesar de falarmos verbo to be, na prática não usaremos o verbo nesta forma. Por exemplo, você jamais irá dizer “I be, you be, we be” ou qualquer coisa do tipo, exceto em algumas gírias (informais) muito específicas como por exemplo “Girls be like ou they be like“. Bom, agora que você entende que o verbo to be é equivalente aos nossos verbos ser e estar, e que não usaremos o verbo na sua forma raiz “be”, vamos ver muitos exemplos para entender como isso será na prática.

1 – Verbo to be como o sentido de “ser”.

I am happy.
Eu sou feliz.
(Tanto faz se sou feliz ou se estou feliz agora, trata-se de uma característica, portanto, em inglês não faremos distinção.)

I am tall.
Eu sou alto.

You are funny.
Você é engraçado.

He is cool.
Ele é legal.

She is fast.
Ela é rápida.

It is horrible.
Isso é horrível.

We are young.
Nós somos jovens.

They are creative.
Eles são criativos.

Estes foram exemplos com todas as formas afirmativas do verbo to be, como verbo “ser”. Se você trabalhar com estas frases, será capaz fazer afirmações com qualquer pessoa, usando o sentido de “ser”. Agora você pode se perguntar “bom, mas e se eu quiser dizer que estou legal, estou jovem?”. Se você observar bem, ainda se trata de “ser”, pois é uma característica do indivíduo, que pode ser permanente ou momentânea. Fora isso, no inglês não haverá esta distinção a menos que exista um contexto muito exato, como por exemplo “I am very happy right now“, neste caso obviamente, a pessoa diz que está muito feliz neste momento, então houve um contexto que deixasse isto claro. Porém, em todos os outros casos você simplesmente ignora tentar fazer essa distinção, com o tempo, você passará a pensar no idioma e isso não vai fazer a mínima diferença.

Para que não haja confusões, entenda que o verbo to be como “estar” expressará sentidos de ação ou de estar em algum lugar. Para melhor contextualizar isso, vamos ver mais exemplos.

2 – Verbo to be como o sentido de “estar”.

I am working now.
Eu estou trabalhando agora.
(Preste atenção aqui. Veja que se trata de uma ação “estar trabalhando.)

You are washing the car.
Você está lavando o carro.
(Outra ação, lavar o carro.)

He is talking to me.
Ele está conversando comigo.
(Ação. Conversando. Estar conversando.)

She is running.
Ela está correndo.

We are dancing.
Nós estamos dançando.

They are at the hotel.
Eles estão no hotel.
(Aqui a coisa muda de figura, mas se encaixa em uma das características que citei antes. Estar em algum lugar, estar no hotel.)

Bom pessoal, como vocês podem ver, não é difícil. Resumindo esta primeira parte, o verbo to be como “ser” em inglês, será usado quando nos referirmos à característica do indivíduo, mesmo que isso soe como “estar” em português, como foi o caso do “estou feliz, estou jovem” que vimos anteriormente. Perceba que estes exemplos falam de característica, independentemente de ser momentânea ou não. Já como “estar”, o verbo se referirá a estar fazendo uma ação ou estar em algum lugar.

Uma dica. Se você praticar muito os exemplos dados até aqui, não somente hoje ou agora, mas por vários dias em intervalos de tempo, você vai com certeza aprender a conjugar o verbo em todas as pessoas sem problemas, naturalmente.

Se você já conhece as conjugações, sabe os porquês, mas ainda assim continua cometendo erros nesta matéria, o seu problema não é estudar mais a gramática deste conteúdo, mas sim se expor a mais inglês, e aqui neste post, temos o conteúdo certo para você. Você pode usar esta tonelada de exemplos para praticar tanto a sua leitura quanto a sua escuta, de modo que você realmente aprenda o conteúdo e não cometa mais os mesmos erros.

Vale frisar algo importante. Apesar de todas as explicações, o mais importante ainda é praticar com exemplos, pois assim você internaliza os sentidos e com o tempo tudo isso fica natural, sem que você necessite entender os porquês de tudo. Em situações reais, tentar lembrar de regras é praticamente impossível, pois tudo acontece muito rápido. Fechando esta parte, não poderia me esquecer de recomendar uma ferramenta que vai resolver o problema da revisão do conteúdo estudado. Leia aqui o nosso tutorial completo do Anki, e descubra como esta ferramenta pode te ajudar a nunca esquecer o que estudou. Depois de ler, caso ainda não conheça o Anki, volte no post, e pegue todos os exemplos.

Agora que você já passou por esta introdução ao tema e já entende os “fundamentos do verbo to be“, você vai aprender a como usar a estrutura em outras situações, sendo elas em contração, perguntando, negando e perguntando negativamente. Vamos fazer isto gradativamente, sem misturar, cada caso por vez. Vamos ao primeiro deles:

3 – Contrações.

As contrações nada mais são do que uma forma mais curta de se escrever a mesma coisa. O significado não vai mudar em nada e na maioria das vezes, é esta versão que você vai encontrar no inglês falado. Abaixo você verá exemplos com as contrações de todas as pessoas.

I’m a little crazy. = I am a little crazy.
Eu sou um pouco louco.

You’re very weird. = You are very weird.
Você é muito estranho.

He’s a good boy. = He is a good boy.
Ele é um bom garoto.

She’s intelligent. = She is intelligent.
Ela é inteligente.

It’s awesome. = It is awesome.
Isso é incrível.

They’re very lovely. = They are very lovely.
Eles são muito amáveis.

We’re having lunch now. = We are having lunch now.
Nós estamos almoçando agora.

4 – Fazendo perguntas com o verbo to be.

Fazer uma pergunta usando o verbo to be é algo muito simples, que envolve somente inverter o pronome com o verbo. Se você não entendeu, não se preocupe, veja isso na prática nos exemplos abaixo:

I am ugly. (Afirmação)
Eu sou feio.

Am I ugly? (Pergunta)
Eu sou feio?

Viu a diferença? Você só precisa inverter (Am antes do I) e aí será uma pergunta. Isso confunde um pouco quando somos iniciantes, pois tentamos traduzir ao pé da letra, do português. Mas com a prática e tempo com o idioma, isso fica bem natural. Esta mesma lógica será aplicada a todas as outras pessoas. Veja os exemplos:

Am I walking too fast?
Eu estou andando rápido demais?

Are you busy?
Você está ocupado?

Is she talkative?
Ela é tagarela?

Is she working right now?
Ela está trabalhando neste momento?

Is he talking to anyone?
Ele está falando com alguém?

Are they hiding anything from us?
Eles estão escondendo algo de nós?

Are they angry?
Eles estão com raiva?
(Angry por si só já significa com raiva ou raivoso.)

Are we talking out loud?
Nós estamos falando alto?
(Ou mais ao pé da letra: Nós estamos conversando em voz alta? | out loud = em voz alta.)

Is it working?
Isso está funcionando?
(Ou somente, está funcionando?)

Is it good?
Isso é bom?

Como você viu, nada complicado. Além do mais, tem exemplo aí para praticar muito mesmo. Então agora é com você, mãos à obra.

5 – Negação com o verbo to be.

Agora vamos ver outra parte importante do verbo to be, que é negar. Ex: Eu não sou/ Eu não estou. Para isso, tudo o que você vai precisar fazer é adicionar um not, logo depois da afirmação. Para ficar claro, veja os exemplos:

I am not interested in this book.
Eu não estou interessado neste livro.
(Aqui temos um exemplo bem legal, pois vemos na prática o verbo “estar” sendo usado para uma característica “interessado”.)

You are not my friend.
Você não é meu amigo.

He is not here.
Ele não está aqui.

She is not working today.
Ela não está trabalhando hoje.

It is not cold outside.
Não está frio lá fora.
(Literalmente: (isso) não está frio lá fora. Apesar de em português não usarmos um pronome neste tipo de afirmação, em inglês teremos que usar, pois em inglês “algo” tem que estar frio, este algo é o (it), que não sabemos quem ou o que é. Meio complexo, por isso foque nos exemplos.)

We are not doing anything.
Nós não estamos fazendo nada.

They are not our parents.
Eles não são nossos pais.
(Obs: Parents significa “pais”, e não “parentes”, como pode parecer.)

6 – Pergunta negativa com o verbo to be.

Para finalizar o post, vamos ver agora como podemos fazer uma pergunta negativa com o verbo to be. Mas o que é isso? Bom, sabe quando você diz por exemplo “Você não é alto?” ou ainda “Ele não é seu irmão?”, estes são exemplos do tipo de pergunta que veremos a seguir, vamos ver como ficaria isso in English.

A lógica é simples, você vai usar a mesma estrutura para perguntas, que já apresentamos, e colocará um not logo depois. Veja o exemplo abaixo:

Am I not being clear?
Eu não estou sendo claro?

Deu pra entender? Então vamos ver mais exemplos. Se atente ao detalhe de que a forma abreviada da pergunta negativa estará logo à frente da forma completa.

Are you not an illegal immigrant? – Aren’t you an illegal immigrant?
Você não é um imigrante ilegal?

Is he not your brother? Isn’t he your brother?
Ele não é seu irmão?

Is she not lovely? – Isn’t she lovely?
Ela não é adorável? 

Is it not working anymore? – Isn’t it working anymore?
Isso não está funcionando mais?

Are they not living here anymore? Aren’t they living here anymore?
Eles não estão morando aqui mais?

Are we not forbidden to cross the border? – Aren’t we forbidden to cross the border?
Nós não estamos proibidos de cruzar a fronteira?

E isso é tudo por hoje. Agora é com você, as explicações estão aí e o mais importante, muitos exemplos para você praticar. Lembre-se sempre de praticar muito com os exemplos, só assim você vai dominar o conteúdo de fato. Se você gostou do post, compartilhe e deixe o seu comentário. Até a próxima!

Conteúdo grátis

BAIXE O MATERIAL DO POST(PDF+MP3) PARA ESTUDAR QUANDO E COMO QUISER.