Home Estruturas do inglês Estruturas do Inglês: Tempo Verbal Simple Past

Estruturas do Inglês: Tempo Verbal Simple Past

118670
0
Estruturas do inglês: Tempo Verbal Simple Past

Chegou a hora de mais um post sobre os tempos verbais em inglês! Já vimos sobre o Simple Present, o Present Continuous, o Present Perfect e o Present Perfect Continuous, fechando assim as explicações sobre os tempos verbais do presente.

Está na hora então de começar a falar do passado! Começaremos com o tempo verbal mais simples, o Simple Past. Ele é usado para falar de ações que já ocorreram, ou seja, que começaram e terminaram no passado.

Se você está começando seus estudos do inglês, algo que pode te deixar preocupado é como falar os verbos no passado. Mas não se preocupe! É bem mais fácil que no português, porque você não vai precisar conjugá-los. Você apenas deve entender a diferença entre os verbos regulares e irregulares.

O verbo regular é aquele que permanece bem parecido no tempo passado. Costuma-se apenas acrescentar as letrinhas ED ao final dele, como você pode ver nos exemplos abaixo:

work – worked;
talk – talked;
watch – watched.

Se o verbo já terminar com a letra E, basta acrescentar a letra D. Veja:

love – loved;
smile – smiled;
like – liked.

Caso o verbo termine com uma consoante + a letra Y, substitua o Y por IED. Mas se antes do Y houver uma vogal, essa substituição não é necessária e você simplesmente acrescenta o ED. Veja essa diferença nos exemplos abaixo:

study – studied;
cry – cried;
try – tried;
play – played;
stay – stayed;
pray – prayed.

Finalmente, caso o verbo termine com o que chamamos de CVC (consoante + vogal + consoante) e esta seja a sílaba tônica da palavra, lembre-se de dobrar a última consoante antes de acrescentar o ED. Veja:

stop – stopped;
prefer – preferred;
plan – planned.

É importante notar esse detalhe da sílaba tônica porque se o início da palavra é que for a parte mais “forte”, a regra acima não se aplica:

visit – visited;
listen – listened;
open – opened.

Tudo isso pode estar te parecendo estranho e confuso, mas eis uma boa notícia: apesar de ser importante você conhecer essas regrinhas quando está se familiarizando com os verbos no passado, você não precisa se preocupar demais em decorá-las. Com o tempo e com a prática, você escreverá naturalmente os verbos da forma correta.

Mas falamos até agora apenas dos verbos regulares. Que dizer dos irregulares?

O verbo irregular é aquele que não segue as regras que vimos acima. O passado deste verbo é bem diferente de seu infinitivo. Mas como fazemos para aprender a usar esses verbos? Aqui, meu amigo, não tem outro remédio além da decoreba pura!

Mas não se apavore, pois alguns desses verbos são tão usados que fica fácil lembrar deles. Aliás, aposto que você já vai reconhecer alguns dos que estão alistados abaixo:

do – did;
go – went;
have – had;
become – became;
get – got;
know – knew;
teach – taught;
write – wrote;
break – broke;
eat – ate;
feel – felt.

Os verbos irregulares são curiosos: enquanto alguns mudam completamente no passado (como buy, que vira bought), outros permanecem exatamente iguais (como cut, read e put)!

Na internet, você encontrará listas do passado dos verbos irregulares mais usados. É legal você lê-las para se familiarizar com esses verbos diferentões, mas novamente, não se apavore! Com o tempo e com a prática, isso também se tornará natural para você.

Agora que vimos como são os verbos no passado, que tal entender em mais detalhes como usá-los no Simple Past? Veremos três situações.

1 – Ações já finalizadas:

Primeiramente, conforme já mencionamos, usamos esse tempo verbal para falar de ações únicas que começaram e terminaram no passado. Nesse caso, é comum usarmos palavrinhas como yesterday, last week, last year, a long time ago etc. Veja:

watched a movie yesterday.
Eu assisti a um filme ontem.

Last year, I went to Japan.
Ano passado, eu fui para o Japão.

She washed her car.
Ela lavou o carro dela.

I fell in love with her a long time ago.
Eu me apaixonei por ela há muito tempo atrás.

2 – Ação já finalizada com duração:

Você também pode usar o Simple Past para falar da duração que uma ação teve no passado. Para isso, costuma-se usar a palavrinha for. Mas é importante ressaltar que essa ação já terminou, ou seja, não está ocorrendo ainda, ok?

lived in Brazil for two years.
Eu morei no Brasil por dois anos.

She studied Japanese for five years.
Ela estudou japonês por cinco anos.

We talked on the phone for thirty minutes.
Nós conversamos pelo telefone por trinta minutos.

They waited for one hour and went home.
Eles esperaram por uma hora e foram para casa.

3 – Hábitos ou fatos do passado:

Use também o Simple Past para falar de hábitos que alguém tinha no passado ou de coisas que eram verdadeiras no passado. Palavras como always, never, used to e when I was a kid costumam ser usadas nesses casos.

studied French when I was a kid.
Eu estudei francês quando eu era criança.

He used to play the violin to relax.
Ele costumava tocar violino para relaxar.

She worked at the movie theater in the afternoons.
Ela trabalhava no cinema no período da tarde.

They never went to school, they always skipped class.
Eles nunca iam para a escola, eles sempre matavam aula.

She was a shy little kid.
Ela era uma criancinha tímida.

People used to have more time to talk to their families.
As pessoas costumavam ter mais tempo para conversar com suas famílias.

Mas, como podemos formar frases negativas ou interrogativas no Simple Past? É simples, basta seguir o mesmo padrão que você aprendeu no Simple Present, usando o verbo auxiliar DO. Só que agora você usará o DID.

Então, para frases negativas, basta acrescentar o DID NOT (ou abreviando, DIDN’T) antes do verbo. Um detalhe muito importante é que ao usar o verbo auxiliar DID, o verbo principal volta para o presente.

Por quê? Bom, encare da seguinte forma: a frase tem de mostrar de alguma forma que ela está no passado. O responsável por fazer isso é o verbo, como na frase abaixo:

I went home.
Eu fui para casa.

Você sabe que esta frase está no passado porque o verbo went lhe diz isso, não é? Mas quando você usa o DID na frase, já fica claro que ela está no passado. Portanto, não tem por que o verbo principal te falar algo que você já sabe. Aí fica assim:

I did not go home.
Eu não fui para casa.

Entendeu? Veja mais exemplos:

They did not stay at the party until the end.
Eles não ficaram na festa até o final.

He did not play the piano very well.
Ele não tocava piano muito bem.

I didn’t call you yesterday.
Eu não te liguei ontem.

She didn’t go to the USA.
Ela não foi para os EUA.

Para fazer perguntas, basta colocar o DID no início da frase. Nas frases interrogativas, o verbo principal também volta para o presente.

Did she have dinner last night?
Ela jantou ontem à noite?

Did you live in another country when you were younger?
Você morou em outro país quando era mais jovem?

Did they travel this weekend?
Eles viajaram neste fim de semana?

Did I do something wrong?
Eu fiz algo errado?

Esta foi a explicação de hoje a respeito do Simple Past. O que achou? Se tiver ficado com alguma dúvida, deixe nos comentários que a gente responde.

Não esqueça de incluir os pontos principais do que aprendeu hoje em um flashcard do Anki, o nosso programa de memorização favorito. Ainda não sabe usá-lo? Então assista o nosso tutorial completo do Anki para aprender. Se este post te ajudou a entender melhor o Simple Past, compartilhe com seus amigos e não perca o próximo, que falará sobre o Past Continuous. See you next time!

Conteúdo grátis

BAIXE O MATERIAL DO POST(PDF+MP3) PARA ESTUDAR QUANDO E COMO QUISER.