O GAÚCHO DE PELOTAS QUE FALAVA JAPONÊS

O GAÚCHO DE PELOTAS QUE FALAVA JAPONÊS

1272
0
SHARE

Tudo bem? Aqui é o Mairo Vergara com mais uma dica de inglês. Hoje, eu vou falar sobre diversão e este é um tema que eu não falo muito nos meus vídeos. Eu ensino muito a como estudar, técnicas, métodos e frases. Mas, eu deixo um pouco de lado essa parte de lado.

No entanto, eu estou cada vez mais ligado nesse assunto sempre que eu pesquiso para trazer novos assuntos de qualidade para você. E a diversão, FUN em inglês, é essencial para o aprendizado, sendo que estou priorizando isso nos meus estudos de francês.

Rotina de diversão no francês

 Quer saber como é a minha rotina? Bom, a minha filhinha acorda super cedo as 6 da manhã e eu fico cuidando dela. Coloco um desenho em inglês, que ela adora e vou preparar o café. Depois disso, eu aproveito que ela está assistindo o desenho para estudar francês.

Posteriormente, eu pego um material 100% em francês e esclareço as minhas dúvidas. Por exemplo: eu aprendi hoje 26 frases novas e fiquei muito feliz de aprender isso. Normalmente, a minha esposa acorda neste horário e eu vou preparar o café da manha dela, porque eu sou o rei do café aqui em casa.

Neste momento, eu coloco o fone de ouvido e aproveito para fazer meia-hora de listening em francês. Só que o mais importante de todo este processo é que eu estou me divertindo, ou seja, HAVING FUN.

Aproveite cada momento da jornada

 E eu comecei a me lembrar de toda a jornada do meu aprendizado de japonês, que foi a primeira língua que eu aprendi antes do inglês. Então, vou contar uma história para vocês.

Eu morava no Rio Grande do Sul e me mudei para Londrina. Dois dias depois encontrei uma escola de japonês na minha vizinhança. Nesta época, eu adorava muito a cultura japonesa, assistia os animes, jogava diversos games e resolvi estudar o idioma.

Mas, a minha família no RS não tinha uma condição financeira muito boa e quando fui morar com o meu pai achei que ele nunca me deixaria fazer o curso. Mas, ele falou que não tinha problema nenhum e fui me inscrever na escola.

Eu me lembro que quando estava falando com a secretária notei a presença de um velhinho japonês. Eu pedi uma informação à secretária e ela não sabia. Então, ela se virou e perguntou em japonês para o velhinho, que respondeu no idioma e eu achei tudo muito surreal. Eu nunca tinha visto uma pessoa falar nenhuma outra língua na minha frente.

Eu voltei para casa e agradeço muito meu pai até hoje por ter liberado o dinheiro para as aulas. E todo dia na escola de japonês era muito divertido. No primeiro dia, eu estava superfeliz por ter aprendido a me apresentar em inglês.

Eu ia para a escola todo o dia e me sentia muito bem por ter aprendido uma palavra, uma frase ou algo novo e agora está acontecendo à mesma coisa com o francês.

Não coloque meta, mas se divirta no caminho até fluência

 Eu aprendi uma palavra em francês e fiquei muito contente. Eu estou me divertindo muito com isso e liguei o dane-se para quando vou ficar fluente. Eventualmente, eu vou ficar fluente. E era a mesma coisa com o japonês.

Eu estudei japonês, entrei na faculdade, fiz uma prova para intercambio no Japão, morei um ano no Japão e toda essa dedicação gerou resultados incríveis. Quando eu voltei me formei na faculdade, comecei o meu curso, o meu canal do Youtube e tudo isso está acontecendo não porque eu estava neurótico em busca da fluência, mas porque eu estava me dedicando para chegar a um objetivo.

Então, você tem um amigo que se chama inglês. Portanto, todo o dia passe um tempo e se divirta com ele. Se você fizer todo dia essa brincadeira, em longo prazo vai estar fluente a língua.

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit
SHARE