Home Dicas para aprender inglês O MÍNIMO DE ESFORÇO E O MÁXIMO DE RESULTADO

O MÍNIMO DE ESFORÇO E O MÁXIMO DE RESULTADO

10880
8
SHARE

Olá, pessoal! Hoje, vamos falar sobre conseguir o máximo de resultado com o mínimo de esforço. Mas, eu tenho que contar uma história para vocês a respeito desta dica, que pode servir para qualquer assunto da sua vida.

Durante a adolescência, eu e o meu irmão queríamos aprender a tocar violão e observávamos os grandes músicos. A partir disso, a gente percebeu que esses músicos excelentes nunca faziam um esforço muito grande para mudar de nota ou fazer um solo, enquanto que nós (que éramos ruins) tínhamos muito trabalho para fazer qualquer coisa diferente.

A gente tinha muito esforço e pouco resultado e os músicos faziam totalmente o inverso. Nós pirávamos nisso. Mas, faz todo o sentido na vida: você precisa fazer o mínimo esforço para ter o máximo resultado.

Hora de treinar?

 O tempo passou e eu comecei a treinar o Kendo, uma arte marcial japonesa, mas sempre fui muito ruim nos esportes. E dentro do Kendo se valorizava muito o esforço e eu entendi que é preciso treino para melhorar. Então, eu treinava muito, ganhava campeonatos e rolava a mesma regra do mínimo de esforço e máximo de resultado.

Na academia, existiam as pessoas que treinavam kendo há anos e faziam os movimentos com muita naturalidade e não existia maneira alguma de fazer algo parecido. Basicamente, eles levavam a regra do mínimo de esforço e máximo de resultado ao extremo. Mas, o que isso tem a ver com o estudo de idioma?

Aplique a regra aos seus estudos!

 Se você parar para pensar todos nós levamos essa regra ao extremo no português. Nós já estamos totalmente familiarizados com o nosso idioma natural e não fazemos nenhum esforço, o que é totalmente o oposto no momento de utilizar o inglês.

Então, quando você começa a estudar inglês precisa buscar e colocar isso em pratica da melhor maneira possível, sendo que isso é 100% possível. Afinal, existem diversas frases que já estão internalizadas em você, pois você já aplicou essa regra do mínimo de esforço e máximo de resultado nestas sentenças.

Portanto, você precisa pegar essa regra e aplicar para todas as estruturas do inglês. Afinal, o idioma não é algo infinito. Aos poucos, você vai dominando as frases, as estruturas, os padrões que se tornam uma coisa inerente, que faz parte de você. Os músculos da sua boca e a sua boca se acostumam com o idioma e você consegue se comunicar tranquilamente.

Passe tempo com o inglês!

 Mas, qual seria o melhor caminho para conseguir isso? O melhor caminho é imergir no idioma e passar o máximo de tempo com o inglês fazendo muito listening, que é a base de tudo. Você também pode trabalhar as outras habilidades (escrita, leitura e fala), mas é a compreensão oral (listening) que vai possibilitar que você empregue a regra do mínimo de esforço e máximo de resultado.

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit
SHARE
  • Ana Maria R Bassiquette

    I do love your class!!! I Awesome!!! Thanks a lot!!!

  • mínion

    Tô virando uma stalker Kkkkkkk tento ver tudo o que tu posta. Agora aprendo ou aprendo! Obrigada! 😄😄😄

  • Joao Victor Pascoal

    tive uma ideia hoje baseado no seu metodo segue assim uma delas: temos que estudar um texto ler e ouvir varias veses né, só que pra mim como eu acho mais dificil ficar relendo o texto varias veses porque tem que ter paciencia e dedicaçao, e ja que paciencia nao e meu forte eu pensei em trocar o texto por letras de musica ja que eu escuto muita musica ingles e a maioria contem muita giria eu achei mais facil usar letras de musica com traduçao, por que alem de estar se divertindo escutando a mesma musica que voce encontrou nova hoje ( rs eu escuto umas mil veses a mesma) alem de voce ter a traduçao voce tem a letra pode gravar mais rapido na cabeça e aprender a cantar tambem (nao canto muito bem mais nao da nada rs) pra mim ta dando certo assim, as veses se tiver alguem que acha melhor ainda assim, tá aí minha opiniao (lembrando que este e uma das dicas e metodos do Mairo).

  • Josilene Xavier

    Seria ótimo se colocassem como se pronuncia tipo good-gudi

  • Clisthen da Silva

    Amei essa mentalidade, de mínimo de esforço e máximo de resultado.

  • Olá, Mairo! Há muuuuuuuuuuuito tempo gostaria de fazer um pedido, mas sempre achei que poderia ser rejeitado. Depois de ver esse seu vídeo aumentou ainda mais a vontade de pedir. Então vamos lá!

    Eu sou contrabaixista e tem uma baixista chamado Victor Wooten que tem uma palestra chama “Music as a Language” acredito que seja a mesma ideia de aprendizado que o seu.

    A palestra dele está disponível no TED.

    Gostaria que você incluísse na série “Aprendendo Inglês com Vídeos”

    Na minha área têm poucos vídeos que são traduzidos. Então teria como pegar videos assim de música?

    Agradeço muito! Abração!

    • Cartola Rs

      O que ele diz no vídeo é o mesmo conceito que o Mairo ensina, quando crinça, a gente aprende a língua antes de saber o alfabeto e com o instrumento é a mesma coisa, devemos aprender a tocar música antes de aprender o instrumento.
      Thanks Mairo, for your tips, I’m learning a lot, I could understood the most of this video. (and others too…)