Gramática Ajuda na Fluência?

3596
0

Hoje, a dúvida chegou através de um dos meus seguidores, o Bruno Carlos, que gostaria de saber mais sobre o conteúdo de gramática que uma pessoa deve procurar compreender para se tornar fluente em inglês. Bruno afirma que entende bastante de gramática, mas, lhe falta entendimento do inglês falado. Apesar disto, ele acredita que um bom conhecimento de gramática pode ser importante para alcançar a fluência em uma conversa formal.

Então, a pergunta: quanto você precisa saber de gramática para se tornar fluente? A resposta é bem simples: você não precisa saber nada de gramática para se tornar fluente. Isso pode parecer meio radical, mas, eu vou explicar. Você não precisa estudar a gramática do inglês para ser fluente em inglês.

Muitas pessoas me perguntam: como vão manter uma conversa se não conhecem os verbos? Como falar, se eu não souber os verbos no passado? Bom, você vai aprender a gramática naturalmente, da mesma forma que aprender a gramática do português. Por exemplo: aos cinco anos, você conhecia os verbos, você sabia usar os adjetivos e dominava a gramática, na verdade, você dominava a língua e desta forma, naturalmente, tinha domínio também da gramática.

E isso não significa que você está proibido de estudar gramática, claro que você pode estudar. Mas, é preciso compreender que você estuda inglês, não gramática do inglês. Você estuda inglês e, na minha metodologia, eu defendo que você tem que estudar através de textos e frases sem palavras soltas. E naturalmente, você vai compreendendo o conteúdo destes textos e, consequentemente, aprenderá a gramática.

Quando eu ensino uma frase para um aluno seja: I like to study english (eu gosto de estudar inglês) ou how are you doing (como vai você?) ou Where do you live? (onde você mora) ou mesmo,  the book is on the table (o livro está em cima da mesa) e o estudante assimila e se torna capaz de usar aquela frase, inerentemente, ele absorveu a gramática. Mesmo que você não saiba identificar um pronome ou advérbio, você acabou absorvendo a gramática da frase.

E quanto você leva isso para o nível de centenas de textos, milhares de frases, acaba absorvendo a gramática sem nunca estuda-la. É evidente que a gramática também é importante, mas, ela tem uma função semelhante a uma “caixa de ferramenta”. Uma função exatamente como acontece no português, em que você usa a gramática para pequenas tarefas, como esclarecer dúvida ou corrigir algo.

E o mesmo pode ser aplicado ao inglês. O meu inglês não é perfeito, eu cometo alguns erros quando falo, principalmente, porque não pratico muito a conversação no inglês. Já que eu ensino o aluno a estudar o inglês de forma correta através de diversos materiais provenientes de nativos da língua inglesa. Mas, se eu quisesse melhorar o meu inglês, poderia estudar um pouco mais de gramática para ajudar em alguns pequenos pontos. Porém, o caminho para fluência envolve mergulhar no inglês e, não na gramática do inglês. Mais para frente, você pode estudar a gramática para aprimorar alguns pontos que a imersão do inglês não lhe deu.

Além disso, não há comparação entre um aluno que se foca completamente no conteúdo em inglês e um aluno que se dedica apenas a gramática. O aluno que se focar no conteúdo vai evoluir muito mais rápido. Então, a minha dica ao Bruno: você já sabe gramática suficiente, provavelmente o que lhe falta é treino de leitura, muita leitura e ainda mais “escuta”. Então, passe alguns meses focado em ouvir conteúdo em inglês e você perceberá um progresso imenso nos seus estudos.

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit