Home Dicas para aprender inglês O que é fluência em inglês?

O que é fluência em inglês?

18810
2

Hoje vou responder uma das perguntas mais comuns que recebo tanto dos meus alunos quanto das pessoas que me acompanham na Internet, que é: Mairo, o que é ser fluente em inglês, o que é ter fluência em inglês?

Antes de mais nada, é preciso entender que “fluência” é um termo muito subjetivo, ou seja, nem sempre o que uma pessoa considera fluência é considerado de fato como fluência por outras pessoas. No meu caso específico, ao longo de muitos anos estudando idiomas estrangeiros, eu acabei definindo ou classificando a fluência em dois tipos diferentes.

Primeiro existe o que eu chamo de “fluência básica”, que, como o próprio nome diz, é quando você consegue manter uma conversação básica em inglês. Por exemplo, se você tem “fluência básica” em inglês, você poderá sentar e ter uma conversa um a um com um norte-americano sobre assuntos relativamente simples e, depois de certo tempo conversando com você, o norte-americano provavelmente irá adaptar o modo de falar à sua fluência básica, ou seja, ele começará a usar um vocabulário mais simples, falará um pouco mais devagar, etc. O que você entender sobre a fluência básica é que ela permitirá que você “se vire em inglês”, com ela você pode fazer compras, pedir informações, pegar um taxi, etc., enfim, fazer atividades básicas em inglês. Esse é um nível que você pode alcançar em poucos meses de estudo se usar bons métodos, variando desde 2-3 meses de estudo com bastante dedicação até um pouco mais (6-8 meses) caso você não tenha tanto tempo para estudar.

Já o segundo tipo de fluência é o que eu chamo de “fluência verdadeira”. Porém embora eu diga “fluência verdadeira”, isso não quer dizer que a “fluência básica”, que acabei de explicar, não é “verdadeira”, elas são apenas tipos diferentes de fluência. Eu chamo esse segundo tipo de fluência de “verdadeira”, porque essa é a fluência em que você consegue usar o idioma praticamente da mesma forma que um falante nativo. Isso não quer dizer, no entanto, que você falará exatamente como um nativo (sem sotaque), mas sim que você poderá fazer as mesmas coisas que os nativos fazem, por exemplo: fazer uma entrevista de emprego, assistir filmes em inglês, assistir a uma palestra em inglês e fazer perguntas no final, participar de uma videoconferência online com pessoas do mundo todo, falar no telefone em inglês, etc. Essas são todas atividades que as pessoas que tem uma fluência básica não conseguirão fazer ou farão com dificuldades e acabarão se comprometendo (não conseguirão o emprego, não entenderão o telefone, não entenderão o filme, etc.). Por se tratar de um nível mais avançado, a fluência verdadeira obviamente leva mais tempo para ser adquirida, eu diria entre 1 a 3 anos de estudo usando métodos bons e dependendo do seu nível de dedicação (mas jamais 7-8 anos como pregam os cursos tradicionais).

Um ponto interessante e útil sobre essa distinção entre fluência básica e verdadeira é que se você encontrar um curso falando, por exemplo, que lhe dará fluência em um curto período de tempo (menos de 6 meses), você precisa estar preparado para duas coisas: ou o curso está te enganando, querendo apenas seu dinheiro, ou ele lhe dará uma fluência básica. Assim, não espere que um curso de poucos meses lhe dará a fluência verdadeira, pois estudar poucos meses e ser capaz de fazer entrevistas de emprego, participar de palestras, ver filmes, etc., com um alto nível de compreensão é praticamente impossível. O que é possível, e que pouquíssimos cursos no Brasil conseguem oferecer, é adquirir uma fluência básica em alguns meses, que lhe permitirá conversar em inglês, fazer uma viagem para os USA, etc.

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit