Home Dicas para aprender inglês Qual é o seu tipo de inteligência?

Qual é o seu tipo de inteligência?

5206

Olá, pessoal! Aqui é o Mairo Vergara trazendo mais uma dica de inglês. E hoje eu vou falar sobre as duas inteligências que eu li no livro The Art of Learning, do Josh Waitzkin. Esse livro é fantástico e fala sobre duas teorias sobre como avaliar o nível de inteligência de uma pessoa. É algo muito maluco, mas interessante.

 Inteligência entidade x inteligência incremental

Você pode ver a inteligência como uma entidade ou como algo incremental, isso é muito importante para aprender inglês ou qualquer coisa na sua vida. Tem gente que vai olhar a inteligência como uma entidade, que é uma coisa que está lá e pronto, não pode ser alterada. E quando você acredita nisso considera que é bom em algo, ruim em outra coisa e que nasceu dessa maneira, não tendo nada o que fazer para mudar.

Mas, se você tem um filho e ele chegou da escola com boa nota na prova de matemática, mas, péssima nota em português vai acreditar que toda a sua família tem tendência para trabalhar com os números e não com a língua portuguesa. Afinal, a inteligência é uma coisa fixa, imutável e inerente, você nasceu daquela maneira.

Quando você enxerga a inteligência como algo incremental, acredita que se trata de algo que não é imutável e que pode melhorar. Desta forma, o seu vocabulário será muito mais como “eu sou bom ou me tornei bom isso, porque me dediquei e eu não sou bom nisso porque não me esforcei o suficiente”. Voltando ao exemplo do filho, que foi bem em matemática e mal em português, você vai concluir que seu filho se dedica mais as tarefas e exercícios de matemática do que se aplica às questões de português. Você vai dizer que isso é resultado do esforço dele e dirá que com esforço ele pode ir tão bem no português quanto na matemática.

Isso é tão verdade que na escola eu sempre fui o cara da matemática e que ia muito mal em português. Mas, hoje eu estou trabalhando com a área de idiomas, que tem tudo a ver com língua e nada relacionado à matemática. Eu acabei de perceber isso. Moral da história sobre a inteligência incremental é que você a enxerga como algo que pode ser melhorado a partir do seu trabalho e esforço voltados a esse objetivo.

 O que o assunto tem a ver com seu aprendizado de inglês?

Agora, qual é a mensagem desse vídeo? Quando você vai aprender inglês, mas, enxerga a inteligência como uma entidade e estuda milhares de vezes o mesmo conteúdo sem absorvê-lo, entende que o problema é com você, que não nasceu com o dom para aprender o idioma. E ai, a pessoa desiste e a sua confiança fica abalada. Basicamente, se você enxerga a inteligência como algo fixo irá se desmotivar ao encarar um desafio muito grande.

Por outro lado, o cara que pensa de maneira incremental, vai perceber que não se dedicou o suficiente, que essa dificuldade é normal e faz parte do aprendizado. Ou seja, a pessoa que encara a inteligência como algo incremental lida muito melhor com um desafio, com o aprendizado de algo muito difícil. Porque está muito preparado para uma derrota e se esforçar a médio e longo prazo.

No fim das contas, veja a inteligência como algo incremental e não como algo que já nasceu fixa. E isso vai fazer toda a diferença do mundo no seu estudo de inglês ou no aprendizado de qualquer coisa na sua vida.