Alone, By Myself e On My Own | Qual a diferença?

Alone, By Myself e On My Own | Qual a diferença?

29874
17
SHARE
Alone, By Myself e On My Own | Qual a diferença?

O post de hoje deve estar trazendo uma resposta para muita gente. Afinal, se você é estudante da língua inglesa, já deve ter se perguntado qual a diferença entre estes três termos: alone, by myself e on my own, se normalmente os três significam “sozinho”.

Para este post, fiz uma pesquisa com vários nativos para entender melhor o que cada um pensa sobre essa diferença, além é claro de vários outros materiais pesquisados para se ter uma visão mais abrangente do assunto. Porém, não estaremos disponibilizando a resposta de cada um deles pelo fato de não ser muito conveniente, já que teríamos que deixar um paredão de textos aqui.

Esse tema é um tanto quanto complicado de se falar a respeito, pois os três termos são intercambiáveis em alguns casos e, no caso de by myself e on my own, na maioria das vezes. Uma resposta comum dos nativos é que para eles as duas estruturas podem ser usadas sem problemas de maneira intercambiável. Porém mesmo eles, assim como nós, conseguem notar certas particularidades provenientes de cada termo especificamente. Então continue conosco para entender isso melhor.

Como sempre, buscarei esclarecer da melhor forma possível e, também como sempre, sugiro que o seu foco seja principalmente em absorver e estudar todos os três termos em contexto. E para isso, dê uma lida no nosso post do Anki, caso você seja novo por aqui, e adicione todos os exemplos que disponibilizaremos no seu deck.


Então vamos começar pelo ponto mais fácil de se entender, a palavra alone. Literalmente alone quer dizer “sozinho”, transmitindo a ideia de não se ter nenhuma companhia por perto, de se estar só em algum lugar, normalmente carregando um ar mais emocional, afinal alone é uma qualidade/adjetivo. Existem porém pequenas nuances onde alone muda um pouquinho, mas não totalmente. Isso você verá adiante nos exemplos. Por enquanto, vamos ver algumas frases:

You’re not alone!
Você não está sozinho!

He is alone in the field of microbiology.
Ele está sozinho no campo da microbiologia.
(Ou seja, ele provavelmente é o único atuando na área.)

Este seria o sentido que todo mundo já imaginava, ao pé da letra. Agora irei mostrar uma pequena nuance que, se você parar para analisar, muda levemente a ideia de alone. Aqui, pode até ser que você tenha companhia por perto, mas só você fez algo, só você executou determinada ação. Veja os exemplos:

He carried the suitcases alone.
Ele carregou as malas sozinho.

She sang alone while the choir listened.
Ela cantou sozinha enquanto o coral ouvia.
(Ou: só ela cantou enquanto o coral ouvia.)

Nos exemplos a seguir, alone trás a mesma ideia de only, que seria literalmente traduzido como  “somente” ou “só”, como único. Veja:

We agreed to set up such a test for him alone.
Nós concordamos em arranjar tal teste para ele.

One man alone could lift it.
Um homem  conseguiria levantar isto.

Existe ainda uma outra palavrinha que pode gerar perguntas que é lonely. Então, para aprender a diferença entre alone lonely, Clique aqui. Escrevemos um post especificamente sobre isso.


Agora vamos apertar o cinto um pouco, pois vamos entrar na parte mais crítica da questão. E antes disso, gostaria somente de lembrar que as expressões by myself on my own, podem ter seu pronome modificado, dependendo a quem se refere o termo. Então vamos dar uma olhada rápida nisso para ninguém se perder no processo.

I = by myself/on my own
You = by yourself/on your own
He/She/it = by herself/himself/itself | on her own/his own/its own
We = by ourselves/on ourselves
They = by themselves/on their own

Caso você ainda tenha dúvida sobre isso, eu recomendo muita prática. No entanto, para uma pesquisa rápida, dê uma olhada no que foi escrito acima.

Indo agora para a expressão by myself, como dito antes pode ser usada também no lugar de on my own e ambas transmitem a ideia de se fazer algo sozinho (muito comum em contextos que envolvem crianças fazendo algo sozinhas). By myself também pode ser usado com a ideia de alone e muitas vezes dá a ideia de que simplesmente aconteceu de se estar sozinho, sem necessariamente ser uma atitude proposital ou planejada. Também pode ser que você esteja sozinho, mas ainda assim com várias pessoas em volta, você também pode usar by myself nesse contexto. Bom, vamos ver algumas frases de exemplo, primeiramente com a ideia de se estar simplesmente sozinho, sem companhia. Veja:

I sat at the table by myself.
Eu sentei à mesa sozinho.

I always go for a walk by myself.
Eu sempre vou fazer caminhada sozinho.

I will not be at the party. I will be at home by myself tonight.
Eu não irei estar na festa. Eu estarei em casa sozinho.

Agora, veja by myself no sentido de se fazer algo sem ajuda de ninguém, sozinho. Pode haver pessoas por perto, mas foi você quem fez:

I did it all by myself.
Eu fiz tudo isso sozinho.

Can you eat that whole pie by yourself?
Você consegue comer aquela torta inteira sozinho?

The patient often learns to undress by himself.
O paciente normalmente aprende a despir-se sozinho.


Vamos falar agora sobre on my own. A resposta comum para como se usar este termo é que ele transmite independência, algo proposital e por conta própria, totalmente independente de qualquer pessoa. Muitas vezes, o termo transmite levemente uma ideia forte. Não chega a ser negativa, mas pesada. Como se você, quisesse fazer algo sozinho e não precisasse de ajuda. Também pode ser usado em um contexto de se estar sozinho (por decisão própria) e, principalmente aplicado à moradia, morar sozinho por conta própria, pagando suas contas e independente de outra pessoa. Veja os exemplos:

I have to do things on my own.
Eu tenho que fazer as coisas sozinho.
(Ou: eu tenho que fazer as coisas por conta própria.)

I don’t mind going to the movies on my own.
Eu não me importo de ir para o cinema sozinho.
(Ou: Eu não me importo de ir ao cinema por conta própria, sozinho, intencionalmente.)

Bridget learned to tie her shoes on her own when she was three.
Bridget aprendeu a amarrar seus sapatos sozinha quando ela tinha três anos.
(A ideia aqui também é independência. Bridget aprendeu sem a ajuda de ninguém, por conta própria.)

I was on my own in a city I had never been to before. I didn’t know anyone who lived there.
Eu estava sozinho em uma cidade que eu nunca tinha estado antes. Eu não conhecia ninguém que morava lá.
(Eu estava sozinho, por minha conta na cidade.)

I moved out of my parent’s house to live on my own.
Eu me mudei da casa dos meus pais para morar sozinho.
(Ou seja: eu me mudei de lá para viver por conta própria, pagando minhas próprias contas.)

I made that decision on my own.
Eu tomei aquela decisão sozinho.
(Por conta, sem influência de ninguém.)

Para encerrar, gostaria de ressaltar que por mais que tentemos criar ou identificar regras aqui e ali para o uso das duas últimas expressões, é muito difícil afirmar com certeza que essas regras se apliquem sem exceção. Podemos notar com clareza que os termos também sofrem muita mudança em seu uso dependendo da região onde são falados. Além disso, ainda existem as preferências pessoais dos nativos da língua, os quais estão espalhados em vários países e regiões cuja língua oficial é o inglês.

Por isso, não é necessário esquentar a cabeça tentando calcular como usar by myself e on my own ou ainda ficar louco quando vir um nativo usando uma expressão no lugar da outra. Como dito antes, quase sempre são intercambiáveis e, além disso, através do contato diário com o inglês, você aprenderá a usá-las naturalmente.

Então é isso, até a próxima dica e bons estudos!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR OS ÁUDIOS DOS EXEMPLOS

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit
SHARE