Home Como Aprender Inglês - O Guia Definitivo 5 Princípios Para Aprender Inglês

5 Princípios Para Aprender Inglês

45016
5

Como você aprendeu no artigo passado, o grande segredo para se aprender idiomas é justamente saber como aprender da maneira certa. Esse “como aprender” por sua vez engloba alguns princípios essenciais, que se colocados em prática garantirão o seu sucesso nos estudos. Nós podemos considerar que existem cinco princípios essenciais, que são:

  • Tempo com o idioma
  • Entender antes de falar, ler antes de escrever
  • Motivação
  • Autonomia
  • Atenção e observação

Tempo com o idioma

Você precisa passar tempo com o idioma. Isso quer dizer que você precisa escutar, falar, ler e escrever no idioma o máximo possível de tempo. Se você passa somente uma ou duas horas por semana em contato com o inglês, infelizmente aprenderá muito lentamente. Para aprender de forma efetiva, você precisa de contato diário com a língua. Eu diria que um mínimo de uma hora de contato diário com o idioma é necessário para o aprendizado. Se todos os dias você passar uma hora em contato com o inglês, eventualmente você irá aprender, de fato, o difícil será não aprender! Assim, dá próxima vez que você reclamar que ainda não aprendeu inglês, experimente olhar para trás e se lembrar do que você esteve fazendo nos últimos 90 dias (cerca de três meses). Você esteve em contato com o inglês durante pelo menos uma hora por dia ao longo desses 90 dias? Provavelmente não! Tente então passar no mínimo uma hora por dia com o inglês a partir de hoje e daqui a 90 dias faça a mesma pergunta. Com certeza os resultados serão diferentes!

Entender antes de falar, ler antes de escrever

Para ter sucesso na aprendizagem de idiomas, você precisa primeiro compreender o idioma, isto é, aprender a entender antes de falar e ler antes de escrever. Esse é o processo natural de aprendizagem de idiomas. As crianças aprendem primeiro a entender para somente depois falar, assim como aprendemos primeiro a ler para somente depois escrever. Tentar falar antes de entender ou escrever antes de ler não somente é um método ineficiente, como também pode prejudicar o seu inglês. Assim, tente seguir o processo natural e aprenda primeiro a entender e ler em inglês, para somente depois se preocupar com a fala e a escrita.

Motivação

A motivação é essencial para qualquer tipo de aprendizado. Se você não tiver vontade de aprender, nem mesmo o melhor professor ou método do mundo funcionará. O Capítulo zero deste guia, que você está lendo agora, além de instruí-lo a respeito de muitos tópicos e conceitos importantes, visa motivá-lo para os estudos do inglês. Se você parar para pensar, verá que os bons professores de inglês se importam com a motivação dos alunos, tentando tornar as aulas divertidas, descontraídas, etc. Infelizmente a sala de aula não é naturalmente um ambiente divertido. Frequentamos aulas na escola, na faculdade ou em cursos porque precisamos fazer isso, porém, como dizia um ótimo professor que tive na faculdade, quase ninguém frequentaria as aulas se não precisasse. Existem vários modos de despertar a sua motivação para os estudos do inglês, no entanto eu acredito que só existe uma coisa que realmente aumenta muito a nossa motivação: perceber que estamos aprendendo! Quando você percebe que está aprendendo, que seu inglês está melhorando, por mais chato que seja seu método, seu professor, etc., você continuará estudando, fazendo os exercícios, lendo e escutando, pois sabe que está tendo bons resultados. Por outro lado, a falta de bons resultados é a maior causa da “desmotivação”, quando você simplesmente estuda dia após dia e não chega a lugar nenhum! Uma dica muito útil para manter a motivação em alta é sempre se responsabilizar pelos seus estudos, avaliando seus métodos e buscando cada vez mais informações e conhecimentos sobre o aprendizado de idiomas de modo que você esteja sempre atualizado e envolvido com o assunto. Isso por sua vez nos leva ao próximo princípio: a autonomia.

Autonomia

Muitos professores costumam dizer que as aulas por si só não são suficientes para o aprendizado e que os alunos têm que “correr atrás por si mesmos”, e isso de certa forma é verdade. Para aprender inglês, você tem que se responsabilizar pelo seu aprendizado e aos poucos ir desenvolvendo a sua autonomia. É necessário chegar a um ponto em que você não depende de ninguém além de você mesmo para aprender. Entretanto, desenvolver a autonomia não é fácil, principalmente no início, quando você sabe muito pouco a respeito da aprendizagem de idiomas. A boa notícia para você, é que o desenvolvimento da sua autonomia é um dos objetivos de toda nossa metodologia de ensino: queremos que todos aqueles que conheçam e sigam os nossos métodos se tornem estudantes totalmente autônomos, capazes de aprender qualquer idioma estrangeiro por conta própria.

Atenção e observação

O último princípio para aprender inglês, além de muito importante, é muitas vezes negligenciado por muitos. Ao estudar inglês, você precisa observar atentamente o idioma em busca de padrões e significados. Isso significa que ao estudar uma frase, estrutura ou texto novo, você deve estar sempre prestando atenção ao “modo como o inglês funciona”. Tente notar padrões, formas, estruturas gramaticais, etc. Entenda que a língua é algo desconhecido, que você está tentando “desvendar”. Com o tempo, conforme você vai aprendendo a estudar idiomas de forma mais efetiva, isso ficará cada vez mais fácil, chegando ao ponto em que você aprenderá o idioma naturalmente simplesmente estando em contato com ele.

Para entender melhor como funciona o princípio da atenção e observação, considere a seguinte situação: se eu mostrar algumas frases em alemão e suas traduções para uma pessoa que nunca estudou uma língua estrangeira, ela provavelmente ficará completamente perdida e sentirá a falta de um professor ou alguém que possa ensiná-la. Porém se eu mostrar essas mesmas frases para alguém que já estudou idiomas durante um longo tempo, essa pessoa provavelmente começará a fazer associações e entenderá certas partes das frases, incluindo suas estruturas gramaticais, sem a necessidade de um professor para ensiná-la. Isso acontece porque essa pessoa é capaz de observar com atenção e fazer associações entre as palavras e os sentidos das frases.

O nosso objetivo aqui é fazer com que você já tenha essa capacidade de observação e atenção, essa curiosidade em relação ao idioma, desde o começo dos estudos. Talvez você me diga: “Ah, mas eu nunca estudei idiomas, como vou fazer isso?”. A resposta é simples: não há dificuldades ou segredos em fazer isso, a única coisa que você precisa é ser curioso e não ter “medo” do idioma. Assim, observe, atente-se aos padrões, mexa a remexa no inglês, pois é desse modo que você vai aprender!

Caso queira baixar a versão em PDF deste guia para o seu computador e também receber atualizações sobre os próximos vídeos desta série, basta clicar na imagem abaixo!

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit