Home Dicas para aprender inglês Inglês americano ou inglês britânico?

Inglês americano ou inglês britânico?

33759
1

Hoje, vamos tirar uma dúvida muito comum entre as pessoas que estudam ou pretendem começar a estudar inglês, na verdade, algumas dúvidas: qual inglês devo aprender? Qual o melhor? Qual o mais fácil? Qual o mais útil? Inglês americano? Inglês britânico? Inglês australiano? E essa dúvida pode servir para qualquer outro tipo de inglês.

Acima de tudo, você deve aprender materiais que sejam do seu interesse. Então, se se as coisas que você mais gosta vem dos Estados Unidos, utilize esses materiais como base do seu estudo, já que desta forma você vai adquirir um jeito mais parecido com o americano de se expressar.

Se por outro lado, você prefere materiais da Europa, estude com materiais da Europa, da Inglaterra. Como consequência disso você vai acabar adquirindo um jeito de falar parecido com o dessa região. E isso serve para qualquer conteúdo de outro país que você tenha interesse.

Essa vontade de ter um sotaque igual ao americano ou parecido com o inglês nativo acaba sendo um pouco fora da realidade. Se você já observou, quando um brasileiro tenta imitar o sotaque britânico ou americano, soa extremamente artificial. Essa tentativa se torna muito estranha, porque se transforma em um inglês muito forçado, não natural.

No fim das contas, nós, brasileiros, falamos um inglês do nosso jeito, já que todos os brasileiros possuem certo sotaque quando falam inglês, da mesma forma que qualquer pessoa de outro país tem um sotaque quando fala a língua inglesa. O japonês por exemplo, tem um sotaque puxado para a sua própria língua, assim como o alemão tem também um sotaque característico a sua língua alemã. Isso concede uma personalidade, uma característica ao seu inglês. Eu mesmo, tenho o maior orgulho do meu inglês com sotaque, já que isso dá vida, embeleza e acaba por caracterizar o meu inglês.

Principalmente aqui no Brasil, nós temos essa preocupação com a pronúncia perfeita. E essa cobrança é algo de brasileiro, já que em outros países não existe essa cobrança e necessidade de ter a pronuncia perfeita e nem de falar como um americano.

A melhor sugestão que eu posso dar é: desencana disso. Independentemente de você estudar em uma escola que segue o inglês britânico ou americano, procure estudar com materiais do seu interesse. Conforme você for evoluindo, vá direcionando os seus estudos para aquilo que você gosta. Se você gosta de programas americanos, estude o inglês americano, se você gosta muito de um programa da Austrália por exemplo, estude com aquele programa de Tv, aos poucos você vai pegando essas particularidades e o seu inglês se tornará algo muito natural, bonito e muito autêntico, já que este é o seu inglês brasileiro com sotaque – como todo mundo tem – mas, com influência destas regiões. O que é bem mais apropriado do que tentar imitar ou copiar um sotaque especifico.

Espero que isso tenha ajudado. Enfim, você pode começar por qualquer tipo de inglês, mas, depois siga para o que mais desperte o seu interesse. Afinal, quando você atingir o nível avançado do inglês, você vai compreender todos. E não será porque você estudou o inglês americano, que não entenderá o inglês britânico. Nada disso, você entenderá a todos os tipos de inglês, assim como você entende o português de Portugal por exemplo.

Bom pessoal, espero que essa dica tenha ajudado e tirado essa dúvida tão corriqueira. Se você gostou da dica, compartilhe o nosso post e deixe o seu comentário abaixo, abraços.

Receba o Resumão da Semana!

Quer receber um "Resumão da Semana" todos os sábados no seu e-mail com todos os nossos materiais e conteúdos da semana?

Jamais enviaremos e-mails não solicitados (spam)! Powered by ConvertKit